24 de maio de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 4.98GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 10,7W

PHB lança controlador de energia inteligente para usinas de até 3,3 MWca

Fabricante também disponibiliza dois novos medidores de energia, o PHB120T e CT-90

Autor: 17 de janeiro de 2022Brasil
PHB lança controlador de energia inteligente para usinas de até 3,3 MWca

O SEC1000 ainda pode ajustar automaticamente a potência ativa e outros parâmetros da usina fotovoltaica. Foto: PHB/Divulgação

A PHB lançou nesta segunda-feira (17) o SEC1000, um controlador de energia inteligente que, ao ser combinado com os inversores fotovoltaicos da PHB, tem a capacidade de coletar e analisar dados em tempo real.

Composto por um medidor trifásico e um painel de controle, o SEC1000 pode ser conectado ao portal de monitoramento para controlar e gerenciar o desempenho dos inversores em usinas com potência de até 3,3 MWca e 60 inversores.

O controlador ainda pode ajustar automaticamente a potência ativa e outros parâmetros da usina fotovoltaica, distribuindo e alocando os recursos do sistema de maneira eficiente.

O SEC1000 é direcionado, principalmente, para clientes do Ambiente de Contratação Livre (ACL), o Mercado Livre de energia solar fotovoltaica, que querem se tornar autoprodutores de energia.

Com o controlador de energia inteligente, é possível acompanhar a curva de geração juntamente com a curva de carga (na imagem abaixo) – funcionalidade exclusiva do produto. Assim, o cliente pode acompanhar o seu consumo otimizando o gasto energético e evitando ultrapassagens de demanda.

Tabela de potência do controlador de energia SEC1000 PHB

Principais aplicações do SEC1000: 

  • Zero Export;
  • Limitação de potência no padrão de entrada;
  • Ajuste do fator de potência do sistema.

Medidores PHB120T e CT-90

Os outros dois lançamentos da PHB são os medidores PHB120T e CT-90, que também operam com os inversores da fabricante e atuam permitindo que a potência injetada na rede concessionária seja limitada.

PHB120T serve para sistemas trifásicos de até 60 kWca, enquanto o CT-90 é destinado a sistemas monofásicos de até 8,5 kWca. 

Os medidores são destinados a clientes que desejam adquirir um sistema fotovoltaico e encontram-se limitados pelo padrão de entrada de energia, seja para evitar gastos de adequação de medição ou reduzir o tempo de projeto.

Os medidores permitem configurar a potência do sistema para que ele gere energia para alimentar as cargas, exportando um valor determinado para a concessionária. Caso, em algum momento, a carga seja baixa e a produção seja elevada, o inversor limita a potência para que não ultrapasse uma corrente pré-determinada. 

Os três produtos já estão disponíveis na plataforma de vendas da PHB.

Aline Guevara

Aline Guevara

Atuou como repórter para a VEJA Campinas, a editora Top.co e a revista Viva Saúde. Possui experiência como apresentadora, produção de vídeo, entrevistas e elaboração de matérias jornalísticas. Acompanha o mercado fotovoltaico desde 2021. Jornalista graduada pela PUC-Campinas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.