Plataforma torna energia solar acessível e fomenta mercado

Cada vez mais empresas investem em tecnologias que possibilitam ao integrador oferecer crédito ao consumidor
Plataforma de financiamento estimula o mercado fotovoltaico

Com o crescimento exponencial do mercado fotovoltaico, bancos e instituições financeiras estão apostando cada vez mais em soluções que agilizam o acesso ao crédito para clientes e facilitam o gerenciamento de pagamentos para empresas, gerando ainda mais escala no segmento de energia renovável. 

Entre essas empresas, está a Edmond, que é responsável pelo desenvolvimento do Edmond Pay – plataforma gratuita que permite ao integrador e empresas do segmento ofertar diversas formas de pagamento em suas propostas.

Henrique Vieira, gerente de vendas e soluções de pagamentos da Edmond, destaca que a ferramenta facilita o pagamento pelo cliente e simplifica o recebimento pela empresa.

“Muitas empresas do segmento ainda deixam de vender por não ofertarem as melhores opções de pagamento aos clientes. No tópico de pagamentos, o mercado fotovoltaico já passou por duas fases. Na primeira, a única opção de pagamento era à vista, já na segunda fase chegaram linhas de financiamentos especificas para o solar e, agora estamos iniciando a terceira e mais desenvolvida fase”, ressalta.

“Nesta terceira fase é possível mesclar diversas formas de pagamentos em um único projeto. Por exemplo, financiamento mais boleto e mais parcelamento no cartão de crédito”, acrescenta.

Vieira ainda explica que o Edmond Pay foi totalmente desenhado para o segmento fotovoltaico, permitindo que o integrador parcele para o cliente em até 12 vezes no cartão de crédito e receba o valor em até sete dias, com as melhores taxas de antecipação do mercado.

Segundo ele, o objetivo é facilitar os processos da empresa integradora com a automatização de processos financeiros, incluindo uso de splits de pagamento, e a possibilidade de efetuar cobranças recorrentes, muito utilizada para serviços de monitoramento, limpeza e manutenção de sistemas fotovoltaicos. 

Além disso, informa que a plataforma está disponível para qualquer empresa com mais de um ano de fundação que atua no segmento solar fotovoltaico, sendo que MEI (Microempreendedor Individual) pode utilizar a plataforma com algumas limitações.

“O mercado fotovoltaico precisa de soluções diferenciadas, que não são atendidas por um banco convencional, por isso todo o processo de cobrança e recebimento pode ser realizado no Edmond Pay. Nele é possível emitir boletos e links de pagamento personalizados, com a logo escolhida pelo integrador, tornando a experiência do cliente mais amigável e a imagem do integrador mais profissional, facilitando assim o processo de indicação pós-venda”, destaca Henrique.

O executivo também esclarece que após o cadastro na plataforma, é realizada uma análise, e se aprovada, a empresa tem o acesso liberado imediatamente e já pode facilitar o pagamento via boleto ou cartão de crédito de sistemas completos de qualquer distribuidor, entrada/ sinal de equipamentos, serviços de engenharia/ instalação, treinamentos e muito mais, sem a necessidade de esperar a chegada de uma maquininha de cartão.

“O parcelamento democratiza a aquisição e utilização de energia limpa e sustentável. Antigamente, somente pessoas com grande poder aquisitivo podiam adquirir um sistema fotovoltaico, hoje, porém, com as linhas de crédito existentes, é possível atingir uma base muito maior de potenciais clientes, o que por consequência aumenta as vendas da empresa”, afirma o gerente.

Além do Edmond Pay, a empresa possui outras ferramentas que auxiliam no mercado solar, como o Edmond Bank, um banco digital, sem mensalidade ou taxas de abertura de conta desenhado para o seguimento solar.

Outra ferramenta da empresa é o AppSolar, uma plataforma digital para cotação e compra de kits fotovoltaicos das melhores marcas de acordo com a necessidade específica de cada projeto, que permite a personalização completa com a inclusão da marca e identidade visual do integrador, e domínio de acesso seja o nome da própria empresa integradora, além de diversas funções que facilitam a gestão e planejamento comercial.

Imagem de Redação do Canal Solar
Redação do Canal Solar
Texto produzido pelos jornalistas do Canal Solar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal