27 de maio de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 4.99GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 10,7W

Preço do frete marítimo terá aumento novamente em junho

Incidentes no Canal de Suez e surto de Covid-19 no Porto de Shenzhen contribuem para a alta

Autor: 27 de maio de 2021abril 18th, 2022Mundo
Preço do frete marítimo terá aumento novamente em junho

As tarifas para transportar commodities nos navios que abastecem as indústrias ao redor do mundo estão nas alturas. De janeiro a maio, o preço do frete marítimo subiu mais de 30% (de 6 mil para 9 mil dólares) e a expectativa do mercado é a de que um novo aumento ocorra até o final de junho.

De acordo com informações da empresa Port Trade, nos Estados Unidos a tendência é de que o valor ultrapasse a barreira dos 14 mil dólares, enquanto que em outros países, como no Brasil, a expectativa é a de que o preço atinja os 10 mil dólares já no próximo mês.

Dentre os motivos que explicam esse aumento estão o encalhe do Navio Mercante Ever Given, durante seu trânsito pelo Canal de Suez, ocorrido em março, no Egito, e do surto de Covid-19 em funcionários do Porto de Shenzhen, na China, o qual diminuiu drasticamente a circulação de navios pelo local.

“Tudo isso está acontecendo por causa da falta de espaço nos navios e, consequentemente, de equipamentos transportados. Os embarques que estão ocorrendo da China para a Europa e os Estados Unidos estão tendo uma demora muito grande para ter o retorno dos equipamentos, o que está fazendo com que precisem realocar os produtos em outras regiões para suprir essa falta”, disse Cleber Baldotto, gerente operacional da Port Trade.

O especialista explica que, com o fim do Ano Novo chinês, o qual movimenta um grande volume de mercadorias, o normal seria o valor do frete cair em todo o mundo. No entanto, devido aos incidentes ocorridos, primeiro, no Canal de Suez, e agora no Porto de Shenzhen, o preço se manteve crescente. “A gente esperava uma redução no frete, porque o período entre janeiro a maio não é de alta, mas, tendo em vista todos esses acontecimentos ruins em sequência, o preço só aumentou”, destacou.   

Ainda segundo Baldotto, o aumento do preço, sobretudo no Brasil, prejudica a importação de equipamentos, principalmente, os mais baratos. “Uma empresa que vende produtos de moda a preços populares e que traz coleções para feriados específicos, como o Dia dos Pais, acaba segurando o embarque esperando por uma redução no frete, porque não vai compensar financeiramente”, exemplificou.  

Henrique Hein

Henrique Hein

Atuou como repórter no jornal Correio Popular e na Rádio Trianon. Possui experiência em produção de podcast, programas de rádio, entrevistas e elaboração de matérias jornalísticas. Acompanha o setor de energia solar fotovoltaica, cobrindo as editorias de Mercado e Tendências; Negócios e Empresas; Cases e Bastidores da Política.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.