6 de julho de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 5.09GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 11,3W

Problemas causados pela má instalação da stringbox

Saiba mais sobre os problemas que podem acontecer devido à instalação incorreta da stringbox

Autor: 31 de maio de 2022Artigos técnicos
Problemas causados pela má instalação da stringbox

Veja alguns dos problemas que podem ser causados devido à má instalação da stringbox

Um tema que sempre requer muita atenção no momento de executar projetos fotovoltaicos, e que muitas vezes acaba passando despercebido pelos integradores, são as peculiaridades da instalação das stringboxes.

Uma instalação incorreta ou fora dos padrões requeridos pela NBR 16690 pode acarretar diversos problemas na geração de energia, e também riscos durante a operação do sistema.

Neste artigo falaremos sobre alguns dos problemas que podem ser causados devido à má instalação da stringbox.

Arco elétrico

O arco elétrico pode ser causado na stringbox devido à má conexão dos cabos da string fotovoltaica ou pelo uso de cabos que tenham a isolação comprometida. 

Esse tipo de falha no projeto pode acarretar incêndios, já que a criação de arco elétrico ocorre pelo oferecimento de um caminho de corrente entre as conexões através do ar, que cria um canal de plasma com temperaturas muito elevadas, aquecendo intensamente os componentes ao seu redor.

Leia mais

Riscos do arco elétrico em sistemas fotovoltaicos e soluções de segurança

Inversão de polaridade

Outro problema que acontece com frequência nas instalações é a inversão das polaridades dos cabos fotovoltaicos. Isso ocorre na desatenção dos integradores no momento de realizar as conexões do projeto. 

Este equívoco é ocasionado apenas pela inversão dos pólos das conexões, como as conexões de entrada e saída dentro de uma string box. 

Apesar de ser um problema teoricamente fácil de ser resolvido, tendo que realizar apenas reconexão das ligações, muitos integradores atribuem o erro a outros componentes do projeto devido à perda de tempo que houve durante a instalação do projeto. 

Por isso é válido ressaltar a importância da verificação das conexões com um multímetro, para que problemas como este não ocorram, ou que pelo menos possam ser descobertos o quanto antes.

Stringbox exposta ao tempo

Um erro comum na instalação da stringbox é a exposição indevida do dispositivo ao tempo, uma vez que existem categorias diferentes de stringboxes, com diferentes graus de proteção em relação à penetração de água e corpos sólidos. 

Esta classificação se chama índice de proteção (IP), que serve para definir a capacidade do equipamento de resistir ao ingresso de água e corpos sólidos sem afetar a segurança da operação. 

Muitas vezes essa questão passa despercebida no momento do dimensionamento do projeto. A seguir temos uma tabela que ilustra as especificações dos índices de proteção.

Problemas causados pela má instalação da stringbox

De acordo com a tabela e conforme a seção 6.5.2.1 da “NBR 16690 – Instalações elétricas de arranjos fotovoltaicos – Requisitos de projeto” é necessário que para ambientes externos, o grau mínimo de IP para o invólucro seja o IP 55, conforme mostrado na Tabela 1, enquanto para ambientes internos seja IP 2X, sendo X qualquer índice da tabela referente ao 2° algarismo. 

Abaixo temos um exemplo de stringbox que pode ser utilizada tanto em ambientes externos, como em ambientes internos, pois seu índice de proteção é IP 65.

Figura 2 – String Box IP65. Fonte: ProAuto/Reprodução

Figura 2 – String Box IP65. Fonte: ProAuto/Reprodução

Outro ponto importante nesse tópico são as vedações dos eletrodutos e dos terminais de entrada do dispositivo, uma vez que a vedação incorreta possibilita a entrada de insetos, cobras e roedores, comprometendo a segurança dos circuitos elétricos e invalidando seu grau de proteção IP. 

A figura a seguir ilustra pontos de entrada/saída de uma stringbox em que não há passagem do cabeamento e não possuem vedação protetiva.

Figura 3 - Vedação indevida nos pontos de entrada/saída. Fonte: Canal Solar

Figura 3 – Vedação indevida nos pontos de entrada/saída. Fonte: Canal Solar

Portanto, os integradores devem ter o máximo de atenção na instalação do projeto, até porque um simples erro de conexão ou de vedação das stringboxes pode acarretar problemas significativos na geração de energia e no sistema fotovoltaico.

Vitor Borges

Vitor Borges

Integrante da equipe de engenharia do Canal Solar. Possui conhecimento técnico em operações em subestações de energia, instalações, circuitos, especificações de projetos elétricos, funcionamento de componentes, entre outros. Graduando em Engenharia Elétrica pela PUC-Campinas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.