ANEEL abre segunda fase de consulta pública sobre edital de leilão de transmissão

A realização do leilão depende, no entanto, da decisão do MME
2 minuto(s) de leitura

A ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) aprovou nesta terça-feira (12) a reabertura de processo de consulta pública para analisar o edital do leilão de transmissão previsto para dezembro. A realização do leilão depende, no entanto, da decisão do MME (Ministério de Minas e Energia), que suspendeu as novas contratações no setor, por tempo indeterminado, frente à pandemia de Covid-19.

O certame irá oferecer a investidores contratos para a construção e futura operação de empreendimentos que demandarão investimentos totais de R$ 10,15 bilhões, com expectativa de geração de cerca de 21.300 empregos diretos.

Os projetos são destinados a contratar instalações de transmissão de energia elétrica localizadas em 11 Estados – Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo. O prazo de entrega das obras varia de 42 a 60 meses.

Ao todo são 15 lotes disponibilizados no edital em análise: seis do primeiro leilão, previstos anteriormente para julho, e nove empreendimentos que já seriam ofertados no final do ano.

A ANEEL discutirá as regras do leilão com o setor pelo prazo de 45 dias da consulta pública, entre 14 de maio e 20 de junho.

Imagem de Mateus Badra
Mateus Badra
Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como produtor, repórter e apresentador na TV Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal