1 de março de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,9GW

Próximo leilão de linhas de transmissão trará maior integração ao SIN

MME destacou que a transmissão de energia elétrica crescerá 20% nos próximos 10 anos

Autor: 23 de janeiro de 2024fevereiro 14th, 2024Brasil
3 minutos de leitura
Próximo leilão de linhas de transmissão trará maior integração ao SIN

Foto: Envato

Nesta segunda-feira (22), Guilherme Zanetti, diretor do DPOTI (Departamento de Planejamento e Outorgas de Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica e Interligações Internacionais) do MME (Ministério de Minas e Energia), falou sobre as obras planejadas no primeiro leilão de transmissão do ano.

Segundo ele, as obras vão aumentar a integração das regiões Norte e Nordeste com o restante do SIN (Sistema Interligado Nacional).

“Com isso, ela é estratégica para ampliar a capacidade brasileira de geração de energia limpa e renovável, mais especificamente aquela gerada na região Nordeste. Esse é um resultado muito positivo para o Brasil, afinal o sistema elétrico necessita de expansão contínua”, afirmou Zanetti.

Thais Araújo, coordenadora-geral de Planejamento da Transmissão substituta do DPOTI do MME, apresentou o planejamento energético para os próximos 10 anos. 

“As gerações de eólicas e solares estão com expectativas de crescerem 30%, enquanto a geração por termelétricas geradas a combustível fóssil e nuclear, irão diminuir cerca de 27%”, disse a coordenadora.

Além disso, ela lembrou que a composição de 50% da matriz energética brasileira são energias renováveis, colocando o país em uma situação favorável.

As falas de Araújo e Zanetti aconteceram durante o workshop da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) de esclarecimentos sobre o leilão de linhas de transmissão. 

O evento também contou com a participação do MME, EPE (Empresa de Pesquisa Energética) e do ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico).

A transmissão de energia elétrica deve crescer 20% nos próximos 10 anos, segundo a previsão do PDE (Plano Decenal de Expansão de Energia).

Estudos da EPE indicam o acréscimo de 41 mil km de linhas de transmissão até 2032. Com isso, o Brasil chegaria aos 220 mil km de linhas de transmissão em todo o território

Sobre o Leilão

O primeiro leilão deste ano, previsto para março, deve licitar mais 6.400 km de linhas de transmissão. Além disso, haverão concessões de seccionamentos e 9.200 MVA em capacidade de transformação em subestações.

As concessões de serviços vão englobar 13 estados. Sendo eles: Alagoas (AL), Bahia (BA), Mato Grosso do Sul (MS), Maranhão (MA), Minas Gerais (MG), Paraíba (PB), Pernambuco (PE), Piauí (PI), Rio de Janeiro (RJ), Rio Grande do Norte (RN), Santa Catarina (SC), São Paulo (SP) e Tocantins (TO). As linhas vão compor a rede básica do SIN. 


Todo o conteúdo do Canal Solar é resguardado pela lei de direitos autorais, e fica expressamente proibida a reprodução parcial ou total deste site em qualquer meio. Caso tenha interesse em colaborar ou reutilizar parte do nosso material, solicitamos que entre em contato através do e-mail: [email protected].

Frederico Tapia

Frederico Tapia

Estudante de jornalismo pela UNESP do campus de Bauru. Possui experiência em produção de matérias jornalísticas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.