24 de outubro de 2021

RenovaPR já executou 709 projetos desde o início das operações

Objetivo do programa é oferecer condições para agricultores e empresas produzirem energia, própria e renovável

Autor: 22 de setembro de 2021Brasil
RenovaPR já executou 709 projetos desde o início das operações

O Programa RenovaPR (Paraná Energia Rural Renovável) é uma iniciativa do Paraná para apoiar a GD (geração distribuída) de energia solar e fomentar a adesão de sistemas fotovoltaicos por produtores rurais do estado.

Desde o início da operação, já foram executados 709 projetos, que somam investimentos no valor de cerca de R$ 128,6 milhões, segundo dados do IDR – PR (Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná). 

Desse total, 264 projetos já estão em bancos no montante de R$ 47 milhões, os demais estão em elaboração. O programa foi instituído pela Lei 20.435 de 17 de dezembro de 2020 que foi regulamentada pelos decretos 7872 de 9 de junho de 2021.

Segundo Herlon Goelver de Almeida, coordenador do RenovaPR, mais de 5 mil agricultores e cooperativas já aderiram ao programa. Além disso, 336 empresas de energia solar já estão cadastradas.

“A questão mais importante hoje é a sustentabilidade econômica dos sistemas de produção de proteína animal do Paraná, os mais eletro intensivos e, portanto, são mais afetados pela alta do preço da energia”, afirmou Almeida.

Leia também: Programa do PR incentiva o uso de energias renováveis para produtores rurais

Ele ainda destaca que o Renova PR  tem como meta oferecer condições para agricultores e empresas promoverem a autoprodução de energia, própria e renovável, com a possibilidade de reduzir custos de produção e ampliar suas atividades.

“Com o RenovaPR estamos mantendo produtores nas atividades produtivas de frango, piscicultura de água doce, suinocultura e leite. Da mesma forma, cooperativas e agroindústrias conseguem reduzir seus custos com nosso programa RenovaPR”, completou.

Crédito da imagem:  José Fernando Ogura/AEN

Giuliana Olivieri

Giuliana Olivieri

Atuou como produtora de programa de entrevista na Rádio Brasil Campinas, além de elaboração de reportagens diárias, edição de áudio e vídeo. Desde 2020, acompanha o mercado fotovoltaico, cobrindo a editoria de Mercado e Negócios. Graduanda em Jornalismo na PUC Campinas.

Comentar