29 de fevereiro de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,9GW

São Paulo inaugura usina de energia solar flutuante na represa Billings

Conclusão das obras está prevista para o final de 2025, com investimentos de R$ 450 milhões

Autor: 18 de janeiro de 2024Brasil
2 minutos de leitura
São Paulo inaugura usina de energia solar flutuante na represa Billings

UFF Araucária na represa Billings, em São Paulo. Foto: Governo de SP/Reprodução

O Estado de São Paulo inaugurou e entregou, nesta quarta-feira (17), a primeira etapa de implantação da primeira usina solar flutuante da capital paulista, na represa Billings. 

A nova planta (denominada de UFF Araucária) com 10,5 mil painéis fotovoltaicos sobre a lâmina d’água e um investimento inicial de R$ 30 milhões, conta com capacidade para produzir até 10 GWh por ano, o equivalente ao consumo de 4 mil residências.

“O projeto é muito interessante porque a gente está aproveitando o espelho d’água para gerar energia. Temos a primeira usina fotovoltaica flutuante que vai gerar energia comercialmente no Brasil”, afirmou o governador Tarcísio de Freitas.

A nova usina é considerada pelo Governo de São Paulo como um dos principais projetos de desenvolvimento de energia sustentável no Estado, sendo implementada sob coordenação da Secretaria de Meio Ambiente, Infraestrutura e Logística. 

A conclusão das obras em sua totalidade está prevista para o final de 2025, com a entrega de outros 75 MW de energia renovável e investimento de R$ 450 milhões.

A geração de energia será iniciada imediatamente após emissão da licença de operação pela Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo).

Ao todo, a nova usina solar flutuante possui 7 MW pico de potência instalada, com 5 MW de potência de conexão e painéis fotovoltaicos instalados sobre flutuadores de polietileno de alta densidade. 

A planta será a maior do país a operar comercialmente na modalidade GD (geração distribuída), com geradores localizados próximos aos centros de consumo. A produção da planta será abatida do consumo de energia elétrica dos clientes da usina, por meio de compensação nas contas de luz.


Todo o conteúdo do Canal Solar é resguardado pela lei de direitos autorais, e fica expressamente proibida a reprodução parcial ou total deste site em qualquer meio. Caso tenha interesse em colaborar ou reutilizar parte do nosso material, solicitamos que entre em contato através do e-mail: [email protected].

Henrique Hein

Henrique Hein

Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como repórter do Jornal Correio Popular e da Rádio Trianon. Acompanha o setor elétrico brasileiro pelo Canal Solar desde fevereiro de 2021, possuindo experiência na mediação de lives e na produção de reportagens e conteúdos audiovisuais.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.