1 de março de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,9GW

Usinas solares por assinatura quadruplicaram nos últimos dois anos

Modalidade acumula mais 7,7 mil plantas instaladas desde a sua regulamentação no país em 2015

Autor: 18 de janeiro de 2024Brasil
2 minutos de leitura
Usinas solares por assinatura quadruplicaram nos últimos dois anos

Foto: Freepik

O número de usinas solares de geração compartilhada, popularmente conhecidas como de assinatura, quadruplicou nos últimos dois anos no Brasil: saiu de 1,9 mil para 7,7 mil entre os anos completos de 2021 e 2023. 

Os dados foram levantados e divulgados, com exclusividade, pela ABSOLAR (Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica) a pedido da reportagem do Canal Solar.

A geração compartilhada é uma das modalidades da GD (geração distribuída), tendo sido regulamentada pela ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) a partir da Resolução Normativa 687/2015.

A iniciativa consiste na distribuição dos créditos de energia solar para um grande grupo de consumidores.

Além dos mais de 7,7 mil sistemas instalados, a energia solar por assinatura também já acumula desde a sua regulamentação cerca de R$ 3,33 bilhões em investimentos e 218,6 MW de potência instalada. 

A modalidade também já ultrapassa a marca de 304 mil UCs (unidades consumidoras) em todo país e 6,5 mil empregos criados. 

Números da geração compartilhada no Brasil desde a sua regulamentação (em 2015):

Fonte: ABSOLAR

Em 2023

No ano passado, foram contabilizadas 2.870 usinas de geração compartilhada instaladas no país, com mais de R$ 535 milhões em investimentos e uma potência de 126,5 MW entre os meses de janeiro e dezembro. 

A modalidade também foi responsável por abastecer mais de 13 mil UCs (unidades consumidoras) e por gerar mais de 3,7 mil empregos ao longo do ano passado, segundo os dados da ABSOLAR. 

Rodrigo Sauaia, CEO da associação, destaca que a popularização cada vez maior das diversas modalidades da energia solar tem provocado um efeito multiplicador positivo na sociedade brasileira.

Segundo ele, tal crescimento – além de fortalecer a sustentabilidade – ajuda a “aliviar o orçamento das famílias e ampliar a competitividade dos setores produtivos brasileiros, fatores cruciais para alavancar a economia nacional”. 


Todo o conteúdo do Canal Solar é resguardado pela lei de direitos autorais, e fica expressamente proibida a reprodução parcial ou total deste site em qualquer meio. Caso tenha interesse em colaborar ou reutilizar parte do nosso material, solicitamos que entre em contato através do e-mail: [email protected].

Henrique Hein

Henrique Hein

Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como repórter do Jornal Correio Popular e da Rádio Trianon. Acompanha o setor elétrico brasileiro pelo Canal Solar desde fevereiro de 2021, possuindo experiência na mediação de lives e na produção de reportagens e conteúdos audiovisuais.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.