1 de março de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,9GW

Financiamentos para projetos de transição energética crescem 62% em 2023

Ao longo do ano passado, foram 51 operações realizadas pelo BNDES em prol de projetos de energia renovável

Autor: 19 de janeiro de 2024Brasil
2 minutos de leitura
Financiamentos para projetos de transição energética crescem 62% em 2023

Foto: BNDES/Reprodução

O volume de aportes realizados pelo BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) em 2023 para financiamentos de projetos de energia renovável no Brasil aumentou 62% na comparação com 2022, segundo levantamento divulgado pela instituição.  

Ao longo do ano passado, foram investidos pelo banco mais de R$ 19,6 bilhões no segmento, sendo 51 operações aprovadas com foco em empreendimentos de transição energética. 

Tal volume representa cerca de um terço do total de investimentos realizados pelo banco em 2023 em diversos setores da economia, como transportes, logística, saneamento, entre outros. 

Neste começo de ano, o BNDES já fechou alguns acordos para o financiamento de novos projetos de energia limpa. Um deles envolve um acordo de R$ 75 milhões com a Comerc Eficiência, empresa do Grupo Comerc Energia e que atua com diagnóstico e oferta de soluções de eficiência energética.    

Recorde

O Brasil fechou 2023 com o recorde anual de expansão da geração de energia elétrica. Foram adicionados 10,3 GW de capacidade instalada em todo o território nacional, sendo 87% oriundos de usinas solares. 

Na área de transmissão de energia, foram dois leilões realizados no ano para construção de 10.655 km de linhas. Os investimentos totalizam R$ 37,4 bilhões e a expectativa é que sejam gerados 97 mil empregos diretos e indiretos.

Henrique Hein

Henrique Hein

Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como repórter do Jornal Correio Popular e da Rádio Trianon. Acompanha o setor elétrico brasileiro pelo Canal Solar desde fevereiro de 2021, possuindo experiência na mediação de lives e na produção de reportagens e conteúdos audiovisuais.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.