25 de fevereiro de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,8GW

Secretário executivo Efrain Cruz é exonerado do MME

Substituto será o advogado Artur Cerqueira Valério, agora ex-assessor jurídico do ministério

Autor: 11 de janeiro de 2024Política
2 minutos de leitura
Secretário executivo Efrain Cruz é exonerado do MME

Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Após oito meses no cargo, o secretário executivo do MME (Ministério de Minas e Energia), Efrain Cruz, foi exonerado, conforme consta publicado no DOU (Diário Oficial da União) nesta quinta-feira (11). A cadeira de número dois da pasta será comandada por Artur Cerqueira Valério, agora ex-assessor jurídico do ministério.

Por hora, Cruz segue como representante do governo no Conselho de Administração da Petrobrás e como presidente do Conselho de Administração da EPE (Empresa de Pesquisa Energética). O advogado especialista em Direito de Energia foi diretor da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) de agosto de 2018 a agosto de 2022.

Artur Cerqueira foi membro da AGU (Advocacia Geral da União) de janeiro de 2019 a janeiro de 2023. Atuou também como Consultor Jurídico do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (2016 a 2019) e do Ministério das Cidades (março a junho de 2016). Desde março de 2023 assumiu a posição de Consultor Jurídico do MME.


Todo o conteúdo do Canal Solar é resguardado pela lei de direitos autorais, e fica expressamente proibida a reprodução parcial ou total deste site em qualquer meio. Caso tenha interesse em colaborar ou reutilizar parte do nosso material, solicitamos que entre em contato através do e-mail: [email protected].

Wagner Freire

Wagner Freire

Wagner Freire é jornalista graduado pela FMU. Atuou como repórter no Jornal da Energia, Canal Energia e Agência Estado. Cobre o setor elétrico desde 2011. Possui experiência na cobertura de eventos, como leilões de energia, convenções, palestras, feiras, congressos e seminários.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.