Shell vai desenvolver projeto de energia solar em MG

A iniciativa da empresa acontece em meio à crise do petróleo e acompanha o movimento de gigantes do setor de óleo

A Shell Brasil registrou, na última quinta-feira (24), um pedido de outorga à ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) para implantar três usinas solares fotovoltaicas no município de Brasilândia de Minas (MG).

Este será o primeiro investimento direto da empresa em geração renovável no Brasil. A Shell é a segunda maior produtora de petróleo brasileira, sendo responsável por 11,83% do total produzido.

A iniciativa da empresa acontece em meio à crise do petróleo e acompanha o movimento de gigantes do setor de óleo e gás que estão aportando recursos em ativos renováveis ao redor do mundo, como parques eólicos e solares.

Com o enorme potencial para geração de energias renováveis, como solar e eólica, o Brasil tem sido o destino deste tipo de investimento. Prova disso, é a iniciativa de outras petroleiras, como Equinor e Total, que já possuem projetos de energia renovável no país.

Imagem de Ericka Araújo
Ericka Araújo
Head de jornalismo do Canal Solar. Apresentadora do Papo Solar. Desde 2020, acompanha o mercado fotovoltaico. Possui experiência em produção de podcast, programas de entrevistas e elaboração de matérias jornalísticas. Em 2019, recebeu o Prêmio Jornalista Tropical 2019 pela SBMT e o Prêmio FEAC de Jornalismo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal