27 de maio de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 5.02GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 10,7W

Solar foi a fonte renovável com maior adição global de energia em 2021

Dados da IRENA mostram que a capacidade de geração FV aumentou 19% no mundo, seguida pela eólica com 13%

Autor: 12 de abril de 2022Brasil
Solar foi a fonte renovável com maior adição global de energia em 2021

Energias renováveis cresceram de forma constante em 2021 e com recorde de expansão. Foto: IRENA/Divulgação

Novos dados divulgados, nesta segunda-feira (11), pela IRENA (Agência Internacional de Energia Renovável) mostram que as energias limpas continuam a crescer e ganhar impulso em todo mundo, apesar das incertezas globais. 

De acordo com a Agência, até o final de 2021, a capacidade mundial de geração renovável totalizou 3.064 GW, aumentando o estoque de energia renovável do planeta em 9,1%.

Embora a energia proveniente de hidrelétricas represente ainda a maior parte da capacidade total de geração renovável, com 1.230 GW, as Estatísticas de Capacidade Renovável da IRENA 2022 mostram que as fontes solar e eólica continuaram a dominar a nova capacidade de geração. 

Juntas, ambas as tecnologias contribuíram com 88% para a participação de toda a nova capacidade renovável em 2021. A capacidade solar liderou com um aumento de 19%, seguida pela eólica, que aumentou sua expansão em 13%.

“Este progresso contínuo é outro testemunho da resiliência das energias renováveis. Seu forte desempenho no ano passado representa mais oportunidades para os países colherem os múltiplos benefícios socioeconômicos das energias renováveis”, disse o diretor-geral da IRENA, Francesco La Camera.

O executivo ressaltou, contudo, que, apesar da tendência global encorajadora, outros estudos recentes da entidade, como o World Energy Transitions Outlook, revelam que a transição energética “está longe de ser rápida ou ampla o suficiente para evitar as terríveis consequências das mudanças climáticas”, frisou. 

afore

“Nossa atual crise energética também aumenta a evidência de que o mundo não pode mais depender de combustíveis fósseis para atender sua demanda de energia. O dinheiro direcionado para usinas de combustível fóssil produz resultados pouco gratificantes, tanto para a sobrevivência de uma nação quanto para o planeta”, reforçou La Camera.

No entendimento da IRENA, as energias renováveis precisam se tornar norma em todo o mundo e crescer a um ritmo mais rápido do que a demanda de energia para que o planeta consiga mitigar os efeitos do aquecimento global. 

No entanto, a entidade aponta que muitos países ainda não chegaram a esse ponto, apesar de aumentar significativamente o uso de renováveis ​​para geração de eletricidade.

Números 

De acordo com a IRENA, cerca de 68% da nova capacidade de energia renovável em 2021 foi adicionada na Ásia, resultando em um total de 1,46 TW de capacidade. No continente, a China foi o maior contribuinte, adicionando 121 GW. 

Na Europa e na América do Norte foram, respectivamente, 39 GW e 38 GW adicionados durante o ano. A capacidade de energia renovável também cresceu 3,9% na África e 3,3% na América Central e no Caribe.

“Apesar de representar um crescimento estável, o ritmo em ambas as regiões é muito mais lento do que a média global, indicando a necessidade de uma cooperação internacional mais forte para otimizar os mercados de eletricidade e impulsionar investimentos maciços nessas regiões”, avaliou a IRENA. 

Destaques por tecnologia

  • Energia hidrelétrica: O crescimento da hidrelétrica aumentou de forma constante em 2021, com o comissionamento de vários grandes projetos atrasados ​​até 2021;
  • Energia eólica: A expansão eólica continuou a um ritmo mais baixo em 2021 em relação a 2020 (+93 GW em comparação com +111 GW no ano passado);
  • Energia solar: Com um aumento na nova capacidade em todas as principais regiões do mundo nos anos anteriores, a capacidade solar global total agora superou a capacidade de energia eólica;
  • Bioenergia: A expansão da capacidade líquida aumentou em 2021 (+10,3 GW em comparação com +9,1 GW em 2020);
  • Energia geotérmica: A capacidade geotérmica teve um crescimento excepcional em 2021, com 1,6 GW adicionados;
  • Eletricidade fora da rede: A capacidade fora da rede cresceu 466 MW em 2021 (+4%) para atingir 11,2 GW.
afore
Henrique Hein

Henrique Hein

Atuou como repórter no jornal Correio Popular e na Rádio Trianon. Possui experiência em produção de podcast, programas de rádio, entrevistas e elaboração de matérias jornalísticas. Acompanha o setor de energia solar fotovoltaica, cobrindo as editorias de Mercado e Tendências; Negócios e Empresas; Cases e Bastidores da Política.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.