Sou Energy inicia fabricação de estruturas de fixação 75% mais leves que o aço

Perfis em Poliéster Reforçado com Fibra de Vidro podem ser cortado ou furado sem comprometer a vida útil
3 minuto(s) de leitura
19-07-23-canal-solar-Sou Energy inicia fabricação de estruturas de fixação 75% mais leve que o aço
Fábrica conta com um maquinário no Brasil, capaz de produzir 3,7 mil quilômetros de estrutura por ano. Foto: Sou Energy/Divulgação

A Sou Energy deu início à fabricação de perfis em PRFV (Poliéster Reforçado com Fibra de Vidro) destinados à fixação de painéis fotovoltaicos.

Segundo a empresa, esse material é similar ao utilizado pela NASA como parte da estrutura dos módulos nas estações espaciais e se destaca pela durabilidade e resistência.

Com essa iniciativa, a Sou Energy afirmou que se tornou a primeira no Brasil a desenvolver e fabricar perfis especificamente projetados para o mercado fotovoltaico neste material, permitindo a sua utilização também sobre telhados.

“O PRFV oferece uma série de vantagens significativas em relação aos materiais convencionais, como alumínio e aço. Além de ser 75% mais leve que o aço, ele proporciona maior segurança, qualidade e economia para os sistemas de energia solar”, explica Mário Viana, diretor comercial e de marketing da Sou Energy.

“Vale ressaltar que nossos perfis são desenhados especificamente para o setor de energia solar, contam com 25 anos de garantia e já estão disponíveis para os integradores de todo Brasil em nossa loja virtual”, ressalta.

Ainda de acordo com ele, os perfis em PRFV podem ser cortados ou furados sem comprometer sua vida útil, ao contrário do aço, por exemplo. Ademais, o material não conduz eletricidade e não oxida, o que contribui para a segurança operacional e retorno do investimento.

“Estamos muito entusiasmados com o lançamento das estruturas de fixação em PRFV pela Sou Energy. Essa inovação representa um marco significativo no setor solar brasileiro. Estamos oferecendo uma opção de alta qualidade que promove , acima de tudo, economia nos sistemas de energia solar”, destaca Kleber Pinho, CEO da Sou Energy.

“Além disso, a capacidade produtiva atual da Sou Energy e nossos planos de expansão permitirão atender à crescente demanda do mercado. Estamos orgulhosos de sermos pioneiros nessa iniciativa e de contribuir para o avanço da energia solar no país”, acrescenta.

Capacidade produtiva da Sou Energy

Hoje, a atual capacidade produtiva da companhia permite atender a 1 GW de potência instalada de painéis, e a empresa planeja dobrar a produção até o final do ano de 2024.

Ainda de acordo com a Sou Energy, a fábrica conta com um maquinário no Brasil, capaz de produzir 3,7 mil quilômetros de estrutura por ano, o que seria suficiente para cruzar o Oceano Atlântico e ligar Fortaleza à África.

Imagem de Mateus Badra
Mateus Badra
Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como produtor, repórter e apresentador na TV Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal