Subsidiária da Voltalia firma contrato de GD com Telefônica no Brasil

A Helexia Brasil construirá 16 usinas fotovoltaicas para fornecer energia para mais de 6 mil pontos de consumo
29-01-2021-canal-solar-Subsidiária da Voltalia firma contrato de GD com Telefônica no Brasil

A Helexia Brasil, subsidiária da Voltalia, venceu o leilão de Produção de Energia Distribuída para prédios e lojas da Telefônica, controladora da operadora Vivo. A concessão será de 20 anos.

O projeto, que contempla 16 usinas fotovoltaicas, fornecerá energia para 6.885 pontos de consumo distribuídos nos estados de Rondônia, Mato Grosso do Sul, Paraná, São Paulo e Ceará.

De acordo com a Helexia Brasil, as plantas terão capacidade instalada de 60 MWp. A energia produzida nas usinas deverá proporcionar uma economia de até 30% na conta de luz da Telefônica.

“Atualmente, produzir a própria energia é mais barato do que comprar numa distribuidora local devido às taxas existentes. Somado a isso, há o fato de que muitas empresas estão sensíveis aos temas ambientais e procuram tornar-se cada vez mais sustentáveis. Por estas razões, acreditamos que o contrato com Telefônica será o primeiro de muitos no Brasil”, disse Luis Pinho, diretor-geral da Helexia em Portugal e no Brasil.

As obras serão coordenadas pelo departamento de EPC (Engenharia, Gestão de Compras e Construção) da Voltalia (acionista da Helexia) e estão previstas para começar ainda este ano, com operação comercial de todas as centrais fotovoltaicas prevista para fevereiro 2022.

“A aquisição da Helexia, pelo Grupo Voltalia, foi estratégica e ocorreu para completar  nossa gama de produtos e serviços. É uma alegria anunciar esse contrato com a Telefônica. Isso demonstra a força da nossa força ao chegar ao Brasil. Estou certo que será a porta de entrada para muitos outros”, destacou Robert Klein, CEO da Voltalia Brasil.

Imagem de Mateus Badra
Mateus Badra
Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como produtor, repórter e apresentador na TV Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal