27 de maio de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 5.02GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 10,7W

Sun Mobi promove serviço de assinatura de energia solar em Santos

O intuito é ampliar o acesso à tecnologia fotovoltaica em SP

Autor: 20 de abril de 2022abril 22nd, 2022Notícias
Sun Mobi promove serviço de assinatura de energia solar em Santos

O serviço de assinatura de energia solar é realizado pelas usinas fotovoltaicas da Sun Mobi, localizadas nas cidades de Porto Feliz (SP) e Araçoiaba da Serra (SP) e que estão conectadas no sistema de distribuição da CPFL Piratininga. Foto: Sun Mobi

A Sun Mobi, empresa especializada na geração remota de eletricidade limpa e renovável, é a responsável por realizar o serviço de assinatura de energia solar na Baixada Santista.

Segundo a Sun Mobi, o intuito é ampliar a democratização do acesso à tecnologia fotovoltaica para consumidores do estado paulista, incluindo Itu, Sorocaba, Jundiaí e a própria Baixada Santista.

Bares e restaurantes de Santos (SP) registraram crescimento na quantidade de assinaturas de energia solar entre janeiro e março deste ano. O aumento foi cinco vezes maior que o ano anterior.

No total, existem dezessete estabelecimentos que possuem energia solar no município, sendo que quatorze deles realizaram a adesão neste primeiro trimestre de 2022, com redução de 10% na conta de luz.

Segundo Alexandre Bueno, sócio da Sun Mobi, o programa trata-se de uma alternativa para os consumidores que possuem aluguel de imóveis, apartamentos ou que ainda não possuem condições de fazer investimentos em sistemas fotovoltaicos.

“Os consumidores têm alívio na conta de luz por dois motivos: primeiro, fazem gestão ativa do seu consumo com os sensores e informações disponibilizadas pela Sun Mobi e, depois, pela não incidência das famigeradas bandeiras tarifárias nas contas de energia dos clientes da empresa”, explica Bueno.

Com as restrições da pandemia, o setor de bares e restaurantes sofreram consideravelmente ao longo dos últimos dois anos. “Muitos fecharam as portas e os que conseguiram sobreviver tiveram de se reinventar com delivery, redução de jornada de trabalho e reajuste nos custos de operação”, comenta.

Diante disso, os pequenos comércios decidiram apostar em eficiência energética, refletindo no crescimento do uso de energia solar na Baixada Santista.

Com o fim das restrições de segurança em razão da pandemia, o retorno das atividades apresentou mais eficiência e sustentabilidade.

De acordo com a análise de Alexandre, “o segmento ressurge ainda melhor e mais maduro, com novos aprendizados e novos modelos de gestão que priorizam a eficiência e a sustentabilidade do negócio”, conclui.

A expectativa da empresa, ainda segundo o empresário, é alcançar o número de 6 mil consumidores atendidos nos próximos três anos.

Stella Miranda

Stella Miranda

Possui experiência em produção de podcast, elaboração de matérias jornalísticas, entrevistas e produção para rádio. Graduanda em Jornalismo na Pontifícia Universidade Católica de Campinas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.