27 de maio de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 5.02GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 10,7W

Usina com quase 2 mil módulos FV será entregue no Rio Grande do Sul

O investimento feito pela TecPar para a construção do empreendimento foi de aproximadamente R$ 7 milhões

Autor: 23 de março de 2022Brasil
Usina com quase 2 mil módulos FV será entregue no Rio Grande do Sul

Usina de São Borja (RS) conta com 1.976 módulos FV bifaciais. Foto: HCC Energia Solar

Mais uma usina de energia solar está prestes a operar no Brasil. Nesta quinta-feira (24), uma planta com 1.976 módulos fotovoltaicos bifaciais será entregue pela empresa gaúcha TecPar, no município de São Borja (RS).

O empreendimento, construído pela empresa HCC Energia Solar, ocupa uma área total de cerca de 3,3 hectares, tendo capacidade de geração inicial de 1.000 kWp. O investimento feito pela TecPar para a construção da usina foi de aproximadamente R$ 7 milhões.

De acordo com a empresa, toda a energia produzida no local deixará de emitir na atmosfera mais de 270 toneladas de CO2 por ano.

A companhia ressaltou também que a localização, em São Borja, foi escolhida pela ótima incidência de radiação solar no estado e por facilmente se conectar à rede de abastecimento.

De acordo com dados da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica), atualizados até o começo da manhã desta quarta-feira (23), o estado do Rio Grande do Sul conta hoje com 16 usinas solares em operação no segmento de GC (Geração Centralizada) – as chamadas grandes usinas. Somados, todos esses empreendimentos acumulam pouco mais de 8 MW de potência, segundo a Agência.

Henrique Hein

Henrique Hein

Atuou como repórter no jornal Correio Popular e na Rádio Trianon. Possui experiência em produção de podcast, programas de rádio, entrevistas e elaboração de matérias jornalísticas. Acompanha o setor de energia solar fotovoltaica, cobrindo as editorias de Mercado e Tendências; Negócios e Empresas; Cases e Bastidores da Política.

Um comentário

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.