29 de fevereiro de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,9GW

Usina de 1,73 MWp é instalada no telhado de empresa de embalagens

Sistema, que pertence ao grupo Procópio, localizado no Sul do Brasil, possui quase 3 mil módulos fotovoltaicos

Autor: 24 de novembro de 2023Projetos
2 minutos de leitura
Usina de 1,73 MWp é instalada no telhado de empresa de embalagens

Procópio investiu em solar para reduzir os gastos com energia. Imagem: BORNE Energia/Divulgação

A Procópio Embalagens, uma das maiores sacarias da América Latina, que está localizada no município de Campo Largo (PR), recebeu a instalação de uma usina de 1,73 MWp.

O sistema, instalado no telhado, possui 2.933 módulos fotovoltaicos de 590 Wp da Trina Solar e 13 inversores de 100 kW da WEG. No total, o cliente está obtendo uma economia média de R$ 60 mil mensais.

De acordo com Lucas Pereira, diretor executivo da BORNE Energia, empresa responsável pelo projeto, com o valor economizado, os recursos estão sendo utilizados para investimentos no parque fabril, tal como novas máquinas.

Inversores da WEG utilizados no projeto. Foto: BORNE Energia/Divulgação

Inversores da WEG utilizados no projeto. Imagem: BORNE Energia/Divulgação

Ainda conforme ele, a planta gera 175 mil kWh/mês e irá contribuir com a redução de 970 toneladas de CO2 por ano. “Essa é a maior usina fotovoltaica de telhado do Sul do Brasil, construída em unidade consumidora livre, ou seja, a Procópio compra energia no mercado livre”, explicou.

“O empreendimento é grid-zero, sem injeção de energia na rede elétrica da distribuidora de energia, e foi planejado para ter a curva de geração atrás da curva de carga”, concluiu Pereira.

Mateus Badra

Mateus Badra

Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como produtor, repórter e apresentador na TV Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020. Atualmente, é Analista de Comunicação Sênior do Canal Solar e possui experiência na cobertura de eventos internacionais.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.