Usina solar de 1 MW é inaugurada no MS por Sicredi e Solarprime

Este é o maior projeto fotovoltaico já desenvolvido pela rede de franquias no Brasil
Usina solar de 1 MW é inaugurada no MS por Sicredi e Solarprime
A usina possui 2.670 módulos Trina de 450 W, 10 inversores Solis (8 de 110 W e 2 de 60 kW) e 52 estruturas de solos para cada fileira de painéis solares. Foto: Solarprime

Uma usina de energia solar de de 1 MW de capacidade instalada foi inaugurada na última sexta-feira (4) no Parque de Exposições Lídia Calabreta Massi, localizado na cidade interiorana de Ivinhema (MS).

O projeto foi idealizado pela Solarprime e contou com o investimento do Sicredi (Sistema de Crédito Cooperativo). Esta é a maior planta já desenvolvida pela rede de franquias, além de ser o maior empreendimento da região em produção de energia solar.

A usina solar possui 2.670 módulos Trina de 450 W, 10 inversores Solis (8 de 110 W e 2 de 60 kW) e 52 estruturas de solos para cada fileira de painéis solares.

Segundo Raphael Brito, sócio fundador da Solarprime, a construção reflete o avanço da tecnologia e da transição do setor de energia no âmbito nacional e global.

“Estamos falando de uma tecnologia de ponta instalada no campo que produz  uma quantidade significativa de economia e quebra paradigmas. Por muito tempo foi considerado impossível produzir essa energia através do sol. E hoje isso é uma realidade e está em uma cidade do interior, o que é uma grande referência na região”, declara Brito.

De acordo com o empresário, a usina é de grande importância para os beneficiados pela energia gerada e para a própria empresa responsável pelo projeto.

“A importância da construção dessa usina para a Solarprime configura dois grandes valores da empresa: primeiramente o valor financeiro, que é a economia financeira para o bolso da instituição. Ou seja, uma grande instituição financeira investe na energia solar ao invés de deixar em uma carteira de investimento. Isso mostra que investir em energia solar traz muito mais retorno. O benefício financeiro é muito grande”, afirma Brito.

O executivo ainda destaca que o segundo valor da Solarprime “vai muito além de preço”. Para a empresa, “o projeto é uma lupa, que demonstra a qualidade, a segurança e também a beleza que a Solarprime executa em cada um dos projetos, independente do tamanho”.

Segundo Vitor Sleiman, desenvolvedor do projeto da usina pela Solarprime, a proposta foi idealizada com o propósito de adequação à realidade do cliente, visando oferecer um bom atendimento. “Primeiro enxergamos essa necessidade do cliente, depois entregamos a melhor solução que se adequa”, afirma Sleiman.

Leia mais

Imagem de Stella Miranda
Stella Miranda
Produtora do Canal Responde e do Solar em 60. Possui experiência em produção de podcast, elaboração de matérias jornalísticas, entrevistas e produção para rádio. Graduanda em Jornalismo na Pontifícia Universidade Católica de Campinas.

3 respostas

  1. Parabéns pela excelente reportagem, Stella. Posso contribuir para as próximas lembrando de acrescentar qual a área utilizada? Disponho de uma fazenda no Ceará que pretendo dividir em hectares para locação de espaços para usinas. Obrigado pela atenção.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal