2 de dezembro de 2021
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 4.47GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 7,33GW

Linhas de financiamentos tornam a energia solar mais acessível

Segundo dados da ABSOLAR, a maioria dos financiamentos são para projetos de pequeno e médio porte

Autor: 10 de setembro de 2021Brasil
Linhas de financiamentos tornam a energia solar mais acessível

As linhas de financiamento disponibilizadas no mercado fotovoltaico são de extrema importância para que o consumidor decida investir em energia solar. Essa é a avaliação de Lucas Goulart, CEO da Reevisa Energia Solar.

“Atualmente os clientes estão bem informados sobre os diferenciais do sistema e economia ao longo prazo. O financiamento é primordial na tomada de decisão. A facilidade de crédito e a possibilidade de parcelar o investimento aumenta muito a possibilidade de fechar o negócio. Hoje 70% das minhas vendas são com financiamentos”, afirma Goulart.

O último levantamento realizado pela ABSOLAR (Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica) aponta que a maioria dos financiamentos são destinados a projetos de pequeno e médio porte (até 5 MW). Segundo a associação, este aumento está atrelado ao crescente número de projetos de GD (geração distribuída) fotovoltaica em operação no Brasil. 

Na avaliação da fabricante Renovigi, o aumento das linhas de crédito é fundamental para democratizar ainda mais o acesso à energia solar. Uma simulação feita pela empresa demonstra, por exemplo, que um cliente de Tubarão (SC), com gasto mensal de R$ 500 na conta de luz, realizou financiamento via Santander para investir R$33 mil na compra do sistema. Após um mês da instalação, a conta de luz caiu para R$ 296, ou seja, R$204 de economia mensal, que pode ser aplicada para pagar o financiamento.

Leia também: Renovigi e Solfácil anunciam parceria para financiamento de projetos fotovoltaicos  

“Em média o tempo de retorno do investimento principalmente para residências é de cinco anos. Cerca de 35% das vendas da Renovigi são feitas por meio de financiamentos. Hoje, temos parceria com os grandes players do mercado e estamos sempre buscando mais opções de crédito aos nossos clientes”, afirma Graziele Scussiato, gerente Financeira da Renovigi.

Inúmeros bancos e instituições financeiras estão realizando financiamentos com regras mais flexíveis e taxas mais acessíveis e atraentes para o cliente. A Renovigi possui parceria com Santander, Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Banco BV, Losango, SICOOB, SICREDI, Itaú, Bradesco e Banrisul.  Com esta facilidade e a popularização dos sistemas, a Aneel estima que, em 2024, haverá 1,2 milhão de sistemas fotovoltaicos instalados no Brasil.

“É uma verdadeira mudança de paradigma, pois com a energia solar o consumidor possui controle e liberdade na conta de energia elétrica. Além disso, pode reinjetar o excedente na rede e ainda contribui para o meio ambiente com a geração de energia limpa”, reforça Gustavo Muller Martins, CEO da Renovigi.

Mesmo durante a pandemia, a Renovigi praticamente dobrou o faturamento – o que demonstra que a facilidade de crédito está sendo usada cada vez mais pelos clientes.

Giuliana Olivieri

Giuliana Olivieri

Atuou como produtora de programa de entrevista na Rádio Brasil Campinas, além de elaboração de reportagens diárias, edição de áudio e vídeo. Desde 2020, acompanha o mercado fotovoltaico, cobrindo a editoria de Mercado e Negócios. Graduanda em Jornalismo na PUC Campinas.

Comentar