Vale terá um dos maiores sistemas de armazenamento de energia do país

Recentemente, a mineradora anunciou investimento de cerca de US$ 2 bilhões para reduzir em 33% suas emissões

A mineradora Vale está instalando no Terminal da Ilha Guaíba (RJ) um dos maiores sistemas de armazenamento de energia em bateria para suprimento de demanda elétrica do Brasil.

O projeto, que está sendo desenvolvido em parceria com a Siemens e a MPC (MicroPower Comerc), irá reduzir em cerca de 20% o custo com energia do porto ao substituir o fornecimento da rede elétrica da concessionária nos horários de pico de demanda, quando a tarifa é mais cara.

O equipamento tem capacidade de armazenamento de 10 MWh, o suficiente para atender a 45 mil residências por uma hora.

Segundo a Vale, a aplicação desse tipo de tecnologia é um passo importante na estratégia de descarbonização da empresa. O uso de baterias é uma das tecnologias que deverá ser aplicada para substituição de diesel por energia elétrica renovável em equipamentos de transporte, como locomotivas e caminhões fora de estrada, por exemplo.

Recentemente, a mineradora anunciou investimento de cerca de US$ 2 bilhões para reduzir em 33% suas emissões absolutas diretas e indiretas até 2030, com base no Acordo de Paris – tratado mundial que tem como objetivo conter o aumento do aquecimento global – além da intenção de tornar-se carbono neutra em 2050.

“À medida que a Vale continua a descarbonizar suas operações, o uso de baterias se tornará uma parte cada vez mais importante na eletrificação da nossa frota de equipamentos. Este projeto nos permite testar em campo uma nova tecnologia para acelerar a transformação de energia da Vale, que visa alcançar sua autossuficiência aumentando a geração de energia elétrica, principalmente através das fontes solar e eólica em complementação a nossa geração hidrelétrica”, explicou Ricardo Mendes, diretor de Energia da Vale.

 

Imagem de Mateus Badra
Mateus Badra
Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como produtor, repórter e apresentador na TV Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal