Vivo fecha parceria para ampliar projetos de energia renovável

Operadora de telefonia firmou um contrato de 20 anos com a francesa Helexia

Após a Tim e Claro anunciar mais investimentos em projetos de eficiência energética, a Vivo anunciou que fechou um acordo que irá aumentar a promoção de energia limpa e sustentável da empresa.

A operadora de telefonia firmou neste mês um contrato de 20 anos com a francesa Helexia, especialista em geração descentralizada, para abastecer as redes da companhia.

O plano integra o projeto da Vivo de instalar 70 usinas em todas as regiões do Brasil, com operação em 23 estados e no Distrito Federal. O objetivo é aumentar a eficiência e reduzir o consumo energético da mesma, que economizou 7% em 2019.

Destas 70 unidades, a Helexia desenvolverá 16 usinas que ficarão localizadas nos estados de Rondônia, Mato Grosso do Sul, Paraná, São Paulo e Ceará. A previsão é que as plantas entrem em operação no primeiro trimestre de 2022.

Sobre a Helexia

Este é o primeiro contrato conquistado pela Helexia no Brasil, onde a empresa iniciou suas operações com o apoio da Voltalia. “Estamos muito satisfeitos com o crescimento da Helexia em novos países, como o Brasil e na Europa”, destacou Sébastien Clerc, diretor-geral da Voltalia.

Vivo inaugura usina solar em Campinas

A usina solar da TMW Energy, pertencente ao grupo brasileiro Royal FIC, entrou em operação exclusiva para a Vivo. Com potência de 4,77 MWp, esta é uma das cinco maiores plantas fotovoltaicas de geração distribuída do Brasil.

Em um terreno de aproximadamente 80 mil m², localizado em Campinas (SP), foram instalados 14.450 painéis solares da BYD. A geração de energia da planta será equivalente a mais de 4,3 toneladas de dióxido de carbono neutralizado e mais de 20 mil árvores plantadas.

“Esta é a maior usina com módulos nacionais do país”, destacou Eduardo Lima, gerente de projeto da TMW Energy.

Fonte: PV Magazine

Imagem de Mateus Badra
Mateus Badra
Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como produtor, repórter e apresentador na TV Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal