27 de maio de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 5.02GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 10,7W

Voltalia comissiona seu maior projeto solar no Brasil

Usinas estão localizadas no Complexo de Serra Branca e possuem capacidade instalada de 320 MW

Autor: 20 de abril de 2022abril 25th, 2022Brasil
Voltalia comissiona seu maior projeto solar no Brasil

Plantas solares da Voltalia começam a gerar os primeiros megawatts no Rio Grande do Norte. Foto: Grupo Voltalia

A Voltalia, uma empresa produtora de energia renovável e prestadora de serviços, anunciou nesta terça-feira (19) o comissionamento de seu maior projeto de energia solar no Brasil, formado pelas usinas de Serra do Mel 1 (SSM 1) e Serra do Mel 2 (SSM 2).

Juntas, as duas unidades somam 320 MW de capacidade instalada, o suficiente para abastecer mais de 400 mil residências. As plantas estão localizadas no Complexo de Serra Branca, no Rio Grande do Norte. 

A região é conhecida por concentrar boas condições eólicas e solares e por abrigar o maior complexo de energia renovável da Voltalia no mundo, com capacidade total de 2,4 GW e centenas de projetos em desenvolvimento.

Ao todo, cerca de 540 mil painéis fotovoltaicos foram instalados na região, ocupando uma área de 578 hectares. A previsão é de que a operação atinja 100% da capacidade ainda no primeiro semestre de 2022. 

“Estamos gerando os MWs iniciais na primeira grande planta solar da Voltalia no Brasil e o maior projeto solar da empresa no mundo. Anunciamos também em março a construção do Solar Serra do Mel de 3 a 6, que elevará para 80% nossa capacidade de operação”, disse Robert Klein, CEO da Voltalia no Brasil. 

De acordo com o executivo, toda a energia limpa produzida pelo complexo solar da empresa será responsável pela redução da emissão de quase 126 mil toneladas de CO2 por ano na atmosfera. 

Importância de um bom comissionamento 

Os sistemas fotovoltaicos são construídos para operar por cerca de 25 anos e uma ferramenta importante para assegurar essa longevidade é o comissionamento.

Trata-se de um processo padronizado e imparcial, que tem como objetivo garantir a operação segura e eficiente de um determinado sistema.

Este processo é contratado com o objetivo de validar o projeto, a execução e os equipamentos empregados de acordo com as normas, ensaios nos equipamentos, boas práticas de engenharia e requisitos específicos do proprietário.

Trazendo essa definição para o universo de energia solar fotovoltaica, podemos resumir o comissionamento como sendo o processo de verificação e validação do sistema, visando identificar problemas que podem comprometer a segurança e a geração de energia nos níveis esperados.

Quem pode realizar o comissionamento?

O comissionamento de uma usina solar deve ser realizado por uma equipe especializada, que, de preferência, não tenha a responsabilidade técnica do projeto ou da execução, com responsabilidade somente na verificação, atuando como árbitro do processo como um todo. 

“É um profissional ou uma empresa que tem que estar capacitada e que tem que assinar a ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) e estar escorado nos projetos, datasheets, módulos, equipamentos apropriados e na norma de nº 1674”, explica Lucas Andrade, engenheiro eletricista da CS Consultoria e Treinamentos, empresa do Grupo Canal Solar.

Henrique Hein

Henrique Hein

Atuou como repórter no jornal Correio Popular e na Rádio Trianon. Possui experiência em produção de podcast, programas de rádio, entrevistas e elaboração de matérias jornalísticas. Acompanha o setor de energia solar fotovoltaica, cobrindo as editorias de Mercado e Tendências; Negócios e Empresas; Cases e Bastidores da Política.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.