Amara NZero: nova marca com foco em transição energética

Com novo plano de crescimento, companhia pretende atingir 1 bilhão de euros até o final de 2023
canal-solar Amara NZero empresa anuncia nova marca com foco em transição energética
Novo posicionamento reflete melhor a realidade atual e o futuro para o qual a empresa caminha

A Amara-e anunciou, nesta segunda-feira (4), sua nova marca e seu novo posicionamento no mercado de energias renováveis.

Com a marca Amara NZero, a fornecedora de produtos elétricos e energias renováveis destacou que a mudança visa colocar a empresa como protagonista na transição energética, direcionando ainda mais sua estratégia em três pilares: descarbonização, eletrificação e digitalização.

Segundo Gonzalo Errejón, CEO da Amara NZero, esse novo posicionamento reflete melhor a realidade atual e o futuro para o qual a empresa caminha. “Estamos em um momento histórico crucial para enfrentar as mudanças necessárias e romper com a dependência atual de combustíveis fósseis, apostar em projetos renováveis e redes inteligentes”, disse.

Com essa nova etapa, a Amara NZero espera crescer nas áreas de energias renováveis e descarbonização, e mais especificamente, na GD (geração distribuída), devido ao impulso do autoconsumo com geradores fotovoltaicos. Além disso, a empresa almeja atingir um faturamento de 1 bilhão de euros até o final de 2023.

banner amara

Leia mais: Autoconsumo remoto representa 20% das instalações em GD solar

Presente em sete países, a Amara NZero oferece soluções para as fontes solar, eólica e hidráulica, além de smart grids, telecomunicações, digitalização, zero emissões, mobilidade elétrica e eficiência energética e no serviço para a transição energética. Com uma capacidade logística com mais de 260 mil metros quadrados no Brasil, a empresa fechou seu último exercício com um faturamento de 406 milhões euros, o que representa um aumento de 130% nos últimos dois anos.

Junto com a mudança de posicionamento, a empresa também renovou sua marca corporativa com um novo logotipo, passando a mesclar o nome da empresa com o termo NZero. A sigla que se refere à neutralidade das emissões e para Errejón a nova marca unifica todos os negócios do grupo internacionalmente.

“Amara NZero precisava de uma marca que refletisse o que é, e o que quer ser, para definir claramente seu papel, e mostrar como a empresa está sempre evoluindo para estar na vanguarda, como um parceiro chave de seus clientes”, ressaltou o CEO.

Da mesma forma, Amara NZero adotou o lema “Energy Transition Key Partne“, que se refere à sua vontade de se tornar um ator-chave e parceiro estratégico na transição energética. Na opinião de Pablo Arnús, presidente da Amara NZero, a capacidade de atender às necessidades dos clientes e o trabalho de inovação e 60 anos de mercado é o que torna a empresa uma aliada essencial no meio energético. “As necessidades dos clientes em relação à transição energética são transversais e, portanto, requerem respostas transversais”, finaliza Arnús.

Imagem de Redação do Canal Solar
Redação do Canal Solar
Texto produzido pelos jornalistas do Canal Solar.

Uma resposta

  1. Empresas que transmite uma qualidade de vida e com menos poluentes sempre cresceram pois Eu ,tenho a qualidade Amara e fazer parte desse senario paga todo investimento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal