Câmara dos Deputados prevê economia anual de R$ 800 mil com solar

Segundo a Casa, o sistema fotovoltaico instalado em 2021 cumpre com a agenda sustentável
O investimento em energia solar fotovoltaica teve início em 2021. Foto: FreePik

A Câmara dos Deputados anunciou, nesta terça-feira (07), a instalação de novos módulos fotovoltaicos. As três usinas, já distribuídas pelo complexo, devem gerar uma economia de aproximadamente R$ 800 mil por ano.

De acordo com a Casa, o investimento em energia solar fotovoltaica teve início em 2021, visando cumprir a agenda de sustentabilidade.

Além disso, afirmaram que a produção de energia limpa e sustentável está presente em debates e votações da Câmara e que a iniciativa é um exemplo prático da importância da pauta na sociedade.

“Fora o aspecto prático, tem também o aspecto simbólico da Câmara dos Deputados sinalizar para a sociedade o seu compromisso com uma gestão sustentável”, destaca Luiz Vicente Braga, coordenador do EcoCâmara.

Segundo Ismael Guimarães, diretor do departamento técnico do Órgão, a estimativa é que, com as tarifas atuais, o retorno do investimento seja obtido em seis anos.

Com informações da Agência Câmara de Notícias 

Imagem de Stella Miranda
Stella Miranda
Produtora do Canal Responde e do Solar em 60. Possui experiência em produção de podcast, elaboração de matérias jornalísticas, entrevistas e produção para rádio. Graduanda em Jornalismo na Pontifícia Universidade Católica de Campinas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal