18 de agosto de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 5,61GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 12,3W

Canadian anuncia Alexandre Borin como diretor comercial

Fabricante visa oferecer soluções completas para o mercado fotovoltaico

Autor: 21 de julho de 2022julho 27th, 2022Brasil
Canadian anuncia Alexandre Borin como diretor comercial

Foto: Divulgação

Com foco em fomentar o mercado fotovoltaico brasileiro, a fabricante Canadian ampliou seu catálogo com a entrada de inversores monofásicos, além da contratação de Alexandre Borin como novo diretor Comercial da empresa.

Segundo a companhia, a chegada dos monofásicos para o mercado será neste mês e a venda será estimulada juntamente com os módulos da empresa.

“A nova linha tem alguns aspectos técnicos, estamos trabalhando com correntes de curto mais elevados. Esses inversores suportam a nova linha de módulos da série 6 e 7 da Canadian que contam com correntes mais elevadas”, explicou Borin em entrevista ao Canal Solar.

“Outro diferencial é que eles trazem o 50% de oversizing. Antigamente, trabalhávamos com 30%. E por fim, outro diferencial é a extensão de garantia de sete anos para toda a linha, os monos já tinham. Então, os trifásicos, que anteriormente tinham cinco anos de garantia, com a opção de estender até 20 anos para todos os inversores”, acrescenta.

Borin ainda destacou que o posicionamento da empresa, daqui para frente, será trazer solução completa ao cliente, visando facilitar a logística.

“A Canadian não quer ser uma distribuidora. Vamos continuar com o canal dos distribuidores, que venderão o nosso kit. Provemos soluções tecnológicas para fazer com que o consumidor final não precise comprar módulos, inversor e armazenamento de três fabricantes diferentes”, completa.

Foco em inversores

Hoje, a fabricante vê os módulos como carro chefe para o mercado fotovoltaico e ressalta que o investimento feito no segmento de inversores tem a finalidade de acompanhar o crescimento do setor solar, oferecendo uma solução completa.

“Os módulos ainda são o forte da Canadian, mas os inversores estão ganhando espaço e por isso vamos entrar forte. Além dos inversores, também temos o foco será o contêiner de baterias para usinas de maior porte. Hoje só pensamos em injetar energia na rede porque é mais vantajoso, mas com a mudança da lei, passa a fazer sentido ter sistemas de armazenamento”, comentou Borin.

Ingridy Porto

Ingridy Porto

Produtora do podcast Papo Solar, sendo responsável pela roteirização do programa. Experiência em jornalismo online, produção de podcast e materiais audiovisuais. Estudante de Comunicação Social na universidade PUC Campinas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.