19 de janeiro de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 4.63GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 8,75GW

Canadian lança série de painéis 640-665 W com eficiência de até 21,4%

A série está disponível em seis classes de potência, variando de 640-665 W e eficiência de 20,6 a 21,4%

Autor: 26 de outubro de 2020julho 27th, 2021Mundo

A Canadian Solar, fabricante de módulos fotovoltaicos, lançou nesta terça-feira (27) sua nova série de sete módulos, incluindo duas monofaciais CS7L-MS e CS7N-MS e duas bifaciais CS7L-MB-AG e CS7N-MB-AG.

A série está disponível em seis classes de potência, variando de 640-665 W e eficiência de 20,6 a 21,4%. Os equipamentos estarão disponíveis a partir de abril de 2021, começando com ofertas na região da Austrália, China, Japão e América Latina.

Os painéis serão produzidos principalmente na China e é esperado que a produção aumente durante o primeiro e segundo trimestre do ano que vem, atingindo a capacidade total de aproximadamente 10 GW até o fim de 2021.

Especificações da nova série

A Canadian realizará, na próxima quinta-feira (29), um webinário para dar mais detalhes sobre a nova linha. Porém, a fabricante informou que a série HiKu7 CS7N-MS é mais potente que a empresa trouxe ao mercado até hoje e é considerada uma solução ideal para projetos fotovoltaicos comerciais e industriais.

Todos os painéis da série têm dimensões de 2.384 × 1.303 × 35 mm, um peso de 35,7 kg e apresentam 132 meias células monocristalinas.

De acordo com a fabricante, a tensão nominal em MPP varia de 37,5 V, para o painel de 640 W, a 38,5 V para a versão 665 W, enquanto a corrente nominal em MPP é de 17,07 A a 17,28 A e a corrente de curto-circuito varia de 18,31 A a 18,51 A.

A temperatura ambiente de operação varia de -40 °C a 85 °C e a tensão máxima do sistema é 1.500 V. O painel tem uma moldura de alumínio anodizado e vidro temperado de 3,2 mm.

Sua caixa de junção tem classificação IP 68. O coeficiente de temperatura operacional do dispositivo é de -0,34% por grau Celsius.

Garantia do painel solar

A fabricante informou ainda que garantia de fabricação é de 12 anos, já a garantia de desempenho é de 25 anos  para os módulos monofaciais e de 30 anos para os painéis bifaciais.

Ainda segundo a Canadian, a degradação anual é de até 0,55% para os módulos monofaciais e 0,45% para os painéis bifaciais, sendo que a degradação durante o primeiro ano de vida de todo painel é de até 2%.

Ericka Araújo

Ericka Araújo

Desde 2020, acompanha o mercado fotovoltaico. Possui experiência em produção de podcast, programas de entrevistas e elaboração de matérias jornalísticas. Em 2019, recebeu o Prêmio Jornalista Tropical 2019 pela SBMT (Sociedade Brasileira de Medicina Tropical) e o Prêmio FEAC de Jornalismo. Já atuou como repórter e apresentadora da Rádio Brasil Campinas. Formada pela PUC Campinas.

Um comentário

  • Amauri Nunes Galvani disse:

    Boa tarde Erica.
    Como você acompanha esse mercado e eu sou leigo e já ouvi muitas coisas,gostaria de saber se esses kits de solares teriam q serem fabricados aqui?
    Já que me disseram q os importados são feitos para o clima e rede elétrica de cada país.
    Obrigado

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.
Comentários repetidos (spam), escritos em letras maiúsculas e/ou tiverem links serão automaticamente rejeitados.