18 de agosto de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 5,61GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 12,3W

Ceará deve receber aporte de US$ 3,9 bi para projeto de hidrogênio verde

Qair Brasil iniciou estudos para construir uma planta de H2V no estado, que busca impulsionar a economia na região

Autor: 22 de junho de 2021Brasil
Ceará deve receber aporte de US$ 3,9 bi para projeto de hidrogênio verde

Se tornar um player global na produção, armazenamento, distribuição e exportação de energia renovável. Esse é o objetivo do Ceará, que está apostando em projetos de H2V (hidrogênio verde) e firmando parcerias para atrair investimentos e impulsionar a economia na região.  

Uma das empresas que deverá contribuir com essa iniciativa é a Qair Brasil, que iniciou estudos para construir uma planta de H2V no estado. O programa, que deve contar com um aporte de US$ 3,9 bilhões, será implementando em quatro etapas, de 2023 a 2030.

Saiba mais: Ceará irá instalar HUB de hidrogênio verde para atrair investimentos

De acordo com a companhia, a usina de H2V poderá produzir 2,24 GW de potência por meio da eletrólise. Ademais, destacaram que parte da energia necessária para a produção será fornecida por parques solares e eólicos da própria empresa instalados no Ceará.

A expectativa é que até o fim deste mês seja assinado um memorando de entendimento com o governo cearense. Desde o início do ano, o Estado está procurando investidores para implementar o hidrogênio verde no Porto do Pecém, considerado um ponto estratégico para produção e exportação dessa fonte.

H2V pode competir com combustíveis fósseis até 2030

O hidrogênio produzido com eletricidade renovável pode competir em custos com os combustíveis fósseis até 2030. É o que apontou relatório divulgado pela IRENA (Agência Internacional de Energia Renovável).

Segundo a agência, a combinação de preços decrescentes para energia fotovoltaica e eólica, melhor desempenho, bem como economias de escala para eletrolisadores podem tornar isso possível. Saiba mais

Mateus Badra

Mateus Badra

Atuou como produtor, repórter e apresentador na Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020, atuando nas editorias de Mercado e Tendências, Mobilidade Urbana, P&D e Equipamentos. Jornalista graduado pela PUC-Campinas.

Um comentário

  • Mateus Badra, sempre com matérias técnicas excelente do setor de energia. A grande Mídia Brasileira deveria divulgar este tipo de informação para que a população Brasileira saiba de todos os projetos e tecnologias que estão sendo desenvolvidas neste momento atual do Brasil.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.