Célula solar da Jinko atinge eficiência de conversão de 25,7%

Fabricada em substrato CZ Mono-Si, a célula estabeleceu um novo recorde mundial
Célula solar da Jinko atinge eficiência de conversão de 25,7%
O resultado foi confirmado pelo Instituto Nacional de Metrologia da China. Foto: Envato Elements

A Jinko Solar anunciou hoje (28) o alcance de um novo recorde mundial com sua célula solar de silício monocristalino tipo N de 182 mm.

O resultado foi confirmado pelo Instituto Nacional de Metrologia da China e conta com a eficiência de conversão de 25,7% – um aumento em comparação com outubro de 2021, quando alcançaram 25,4%.

Segundo a empresa, foram integradas uma série de atualizações de material ao processo da célula, fabricada em um substrato CZ Mono-Si de alta qualidade.

Leia mais:

Entre as melhorias estão purificação de material em altas temperaturas, difusão avançada, metalização semitransparente e tecnologias HOT desenvolvidas pela companhia.

Para Jin Hao, CTO da Jinko, o recorde é um grande avanço para a tecnologia de célula TOPCon tipo N e um marco importante no desenvolvimento de produtos e soluções inovadoras.

“Estamos constantemente investindo em atualizações de tecnologia para obter uma produção em massa econômica e aumentar a competitividade de nossos produtos do tipo N no mercado”, concluiu Hao.

Imagem de Redação do Canal Solar
Redação do Canal Solar
Texto produzido pelos jornalistas do Canal Solar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal