27 de maio de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 4.99GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 10,7W

China registra aumento de 55% em novas instalações FV

O país alcançou a marca de 48.2 GW em energia solar no ano passado

Autor: 1 de fevereiro de 2021julho 27th, 2021Mundo
China registra aumento de 55% em novas instalações FV

Em meio a pandemia da Covid-19, a energia solar se mostrou resiliente, sendo um dos segmentos que mais cresceu no ano passado. Na China, por exemplo, este aumento foi de 55% em relação ao ano de 2019, chegando a 48.2 GW em 2020.

Entre as empresas que acompanharam este crescimento está a Solis, fabricante de inversores fotovoltaicos. A empresa obteve uma alta de 74% na receita.

Além disso, nos três primeiros trimestres de 2020, o investimento da companhia em P&D aumentou mais de 100%.

De acordo com a fabricante, este aumento é resultado da postura da companhia que empresa está atenta ao mercado fotovoltaico.

“A Solis sempre colocou a inovação e o desenvolvimento como seu ponto de partida e melhorou continuamente sua capacidade de responder às demandas do mercado interno e externo,” afirmou Kun Zhang, diretor de Produtos do HQ Global da Solis.

Os produtos Solis são exportados para diversos países, inclusive no Brasil. “2020 chegou ao fim e ouvimos o toque de clarim de 2021. No futuro, a Solis continuará a ser guiada pelo mercado em rápido crescimento, contando com fortes capacidades de P&D, equipamentos de produção avançados e está empenhada em fornecer aos usuários produtos que eles não precisam se preocupar”, destacou Yiming Wang, presidente da Solis.

Ericka Araújo

Ericka Araújo

Desde 2020, acompanha o mercado fotovoltaico. Possui experiência em produção de podcast, programas de entrevistas e elaboração de matérias jornalísticas. Em 2019, recebeu o Prêmio Jornalista Tropical 2019 pela SBMT (Sociedade Brasileira de Medicina Tropical) e o Prêmio FEAC de Jornalismo. Já atuou como repórter e apresentadora da Rádio Brasil Campinas. Formada pela PUC Campinas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.