4 de março de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,9GW

Comunidade passa a ter energia por 24 horas com projeto de solar com baterias

Usina, instalada no Sul do Amazonas, deve atender todo o centro comunitário, incluindo casas, escolas e outras atividades produtivas

Autor: 28 de abril de 2023maio 2nd, 2023Projetos
2 minutos de leitura
Comunidade passa a ter energia por 24 horas com projeto de solar com baterias

A comunidade é uma das quase 100 que integram a Reserva Extrativista Médio Purus. Foto: Reprodução

A comunidade de Vila Limeira, localizada no Sul do Amazonas, entre os municípios de Lábrea e Pauini, que integra a Reserva Extrativista Médio Purus, está apostando em um projeto de energia solar com baterias.

Com planos de melhoria de políticas públicas e o objetivo de oferecer energia renovável para a população, a comunidade instalou uma usina fotovoltaica de 30 kWp em agosto de 2021.

O sistema, no caso, conta com baterias de lítio com uma durabilidade de 15 anos e medidores individuais em todas as UCs (unidades consumidoras).

O projeto Vila Limeira 100% Solar surgiu como iniciativa conjunta da Apavil (Associação dos Produtores Agroextrativistas da Assembleia de Deus da Vila Limeira), do WWF-Brasil, com apoio da Fundação Mott e autorização do ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade).

A comunidade é uma das quase 100 que integram a Reserva Extrativista Médio Purus. A planta solar deve atender todo o centro comunitário, incluindo casas, escolas e outras atividades produtivas da região, com cerca de 80 pessoas.

Sul do Amazonas e o acesso limitado à energia

O Sul do Amazonas dispõe de um dos combustíveis mais caros do país. Como todas as áreas remotas sem acesso à energia convencional, só tinham eletricidade por três horas noturnas a partir de um motor gerador a diesel, que consumia cerca de 10 litros por dia.

Em 2018, a comunidade demonstrou interesse na energia solar, com a expectativa de ter acesso à eletricidade por 24 horas, além da possibilidade de ampliar o acesso à educação, comunicação e mais lazer e conforto aos moradores.

Na semana da instalação, iniciou-se a primeira turma de educação de jovens e adultos, com aulas noturnas. Com a possibilidade do ensino à distância, houve um aumento na procura por cursos de graduação e especialização pela parte dos jovens.

Stella Miranda

Stella Miranda

Produtora do Canal Responde e do Solar em 60. Possui experiência em produção de podcast, elaboração de matérias jornalísticas, entrevistas e produção para rádio. Graduanda em Jornalismo na Pontifícia Universidade Católica de Campinas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.