Tarifa mais baixa do mundo em energia solar é anunciada

O consórcio trabalhará agora para apresentar o projeto após a assinatura de um contrato com a EWEC
1 minuto(s) de leitura

O consórcio formado pela TAQA (Companhia Nacional de Energia de Abu Dhabi), pela empresa de renováveis Masdar, pela elétrica francesa EDF e pela Jinko é o partido vencedor por trás da tarifa mais baixa do mundo em energia solar para a fazenda fotovoltaica de Al Dhafra, apresentada no valor de US $ 0,0135 / kWh. O anúncio foi feito oficialmente no domingo (26).

A usina terá capacidade instalada de 2 GW, o que corresponde a mais de 4.500 campos de futebol. A energia gerada pela planta será o suficiente para abastecer mais de 160 mil residências locais a cada ano.

Segundo a EWEC (Emirates Water and Electric Company), a Al Dhafra contará com 3,2 milhões de painéis solares e deverá entrar em operação comercial no segundo semestre de 2022. Quando estiver totalmente operacional, a planta aumentará a capacidade de energia fotovoltaica de Abu Dhabi para aproximadamente 3,2 GW.

A instalação será detida em 60% pela TAQA e Masdar, enquanto a EDF e a Jinko deterão os 40% restantes. O consórcio trabalhará agora para apresentar o projeto após a assinatura de um contrato com a EWEC.

Imagem de Mateus Badra
Mateus Badra
Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como produtor, repórter e apresentador na TV Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal