9 de maio de 2021

Carrinho

CPFL recuperou 116,1 GWh em furtos de energia na região de Campinas

Segundo a empresa, o volume recuperado abasteceria mais de 750 mil residências

Autor: 10 de março de 2021Setor Elétrico
CPFL recuperou 116,1 GWh em furtos de energia na região de Campinas

A CPFL Paulista recuperou 116,1 GWh de energia na região de Campinas (SP) no ano passado, alcançando o maior volume registrado pela companhia nos últimos três anos. Segundo a empresa, o índice foi 80% e 102% superior aos registrados em 2018 e 2019, respectivamente.

As inspeções realizadas ao longo de 2020 resultaram em 12.985 fraudes regularizadas na região. De acordo com a CPFL, o volume de energia recuperado seria suficiente para abastecer aproximadamente 774 mil residências durante um mês.

“Estamos cada vez mais empenhados em identificar e combater fraudes e furtos de energia com foco em ampliar a qualidade e confiabilidade do fornecimento de energia oferecido. Os esforços fazem parte do trabalho contínuo da empresa e são viabilizados tanto por meio de parcerias com órgãos públicos e autoridades policiais, quanto investindo em tecnologia de ponta e especialização das equipes em processos de monitoramento e análise”, disse Roberto Sartori, presidente da CPFL Paulista. 

“É importante esclarecer que furto de energia é crime, pode trazer riscos à segurança das pessoas e prejudica diretamente a população com instabilidade no fornecimento a energia e perda de arrecadação de impostos, importantes para manter serviços públicos no município. Por isso, a CPFL mantém um canal de denúncia fácil e anônimo para quem quiser informar possíveis casos de fraudes”, ressaltou Rafael Lazzaretti, diretor comercial do grupo.

Entre os municípios com maior recuperação de energia na região, Campinas registrou 57,5 mil MWh, ficando em primeiro lugar. Piracicaba ocupa a segunda posição com 12,6 mil MWh, seguido de Sumaré com 11,6 mil MWh, Hortolândia com 7,5 mil MWh e Americana com 3,6 mil MWh. 

Análise geral

Em 2020, após mais de 312,5 mil inspeções realizadas, a recuperação de energia em toda a área de atuação da distribuidora foi de 293,5 GWh, o que abasteceria quase 2 milhões de residências por um mês. Esse total corresponde a 210,8% do volume recuperado durante 2019. 

Mateus Badra

Mateus Badra

Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Experiência como produtor, repórter e apresentador em diferentes veículos de comunicação: mídia impressa, online e televisiva.

Comentar