27 de maio de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 5.02GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 10,7W

Custos para geração de energia diminuem

CMSE aponta que os reservatórios de hidrelétricas apresentaram melhora

Autor: 28 de fevereiro de 2022Setor Elétrico
Custos para geração de energia diminuem

Usina Hidrelétrica Mauá, no rio Tibagi. Foto: Junior Borba/Eletrosul

As condições de suprimento energético ao SIN (Sistema Interligado Nacional) tiveram significativa melhora em função das chuvas nas bacias da região Sudeste/Centro-Oeste. É o que apontou o CMSE (Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico).

Segundo o ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico), o armazenamento equivalente do SIN alcançou 60,9%. Com isso, foram suspensos os despachos termelétricos e a importação de energia para os subsistemas Sudeste/Centro-Oeste, Nordeste e Norte.

“Isso significa menores custos ao consumidor brasileiro”, destacou o CMSE. Esse resultado, de acordo com o comitê, está atrelado às políticas e ações tomadas pelas entidades do setor elétrico brasileiro para recuperação dos principais reservatórios do SIN.

A região Sul permanece com reservatórios em cerca de 30% de armazenamento, o que corresponde ao volume mínimo operativo para esse subsistema, com ênfase para as bacias dos rios Iguaçu e Uruguai.

Dessa forma, para garantir a segurança energética, a entidade ressaltou que será realizado intercâmbio de energia dos demais subsistemas para o Sul. Ademais, poderá ser realizado o acionamento de termelétricas e a importação de energia elétrica dos países vizinhos, ao custo máximo de R$ 375,66/MWh.

Leia mais

“O trabalho do CMSE tem garantido a confiabilidade no fornecimento de eletricidade no país por meio da ação articulada e proativa das instituições que compõem o comitê”, disse Christiano Vieira, secretário de Energia Elétrica do Ministério de Minas e Energia.

“As condições de atendimento eletroenergético continuarão a ser avaliadas, uma vez que o atual cenário ainda é de recuperação gradativa dos reservatórios. Permaneceremos atentos às oportunidades de redução do custo total de operação do sistema de acordo com a evolução das condições observadas”, concluiu.

Mateus Badra

Mateus Badra

Atuou como produtor, repórter e apresentador na Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro há mais de dois anos, atuando nas editorias de Mercado e Tendências, Mobilidade Urbana, P&D e Equipamentos. Jornalista graduado pela PUC-Campinas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.