23 de abril de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 13,4GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 28,6GW

Empresa paranaense investe em energia FV em fábrica em Pinhais

Romanha Alimentos instalou uma usina de mais de R$ 3,8 milhões em uma de suas fábricas

Autor: 20 de fevereiro de 2024Brasil
2 minutos de leitura
Empresa paranaense investe em energia FV em fábrica em Pinhais

Foto: Romanha Alimentos/Divulgação

A empresa paranaense de massas frescas, Romanha Alimentos, optou por colocar energia limpa em uma de suas fábricas. O investimento foi de mais de R$ 3,8 milhões na instalação de uma usina na fábrica em Pinhais, região metropolitana de Curitiba.

Pela previsão da empresa, a usina deve gerar cerca de 705 MWh por ano. A Romanha Alimentos ainda espera que em um futuro próximo toda a energia utilizada pela companhia seja proveniente de fontes solares. 

O projeto conta com cerca de 1000 painéis solares, além de um sistema de armazenamento com baterias. César Kulpa, CEO da Romanha Alimentos, falou sobre a cooperação com a Copel e as medidas para aumentar a eficiência.

“Com tudo isso, ainda mantemos nossa conexão com a Copel. Aumentamos nosso fator de demanda para 540 kVA, garantindo nossa operação. Trocamos todas as lâmpadas fluorescentes por LEDs, mais eficientes tanto no consumo quanto na iluminação”, afirma Kulpa.

A empresa espera economizar de 70% a 80% da conta de luz, diminuindo a pegada de carbono contribuindo para um modelo mais sustentável.


Todo o conteúdo do Canal Solar é resguardado pela lei de direitos autorais, e fica expressamente proibida a reprodução parcial ou total deste site em qualquer meio. Caso tenha interesse em colaborar ou reutilizar parte do nosso material, solicitamos que entre em contato através do e-mail: [email protected].

Frederico Tapia

Frederico Tapia

Estudante de jornalismo pela UNESP do campus de Bauru. Possui experiência em produção de matérias jornalísticas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.