19 de agosto de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 5,61GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 12,3W

Energia solar corresponde a 30% da capacidade liberada em outubro

Até outubro deste ano, já foram liberados 3.763,61 MW em 18 estados brasileiros

Autor: 9 de novembro de 2020agosto 4th, 2021Brasil
Energia solar corresponde a 30% da capacidade liberada em outubro

A ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) liberou 318,34 MW para operação comercial em outubro de 2020, sendo 147,28 MW (46%) de geração eólica e 95,68 MW (30%) de energia solar. Os outros 75,38 MW (24%) foram a partir das fontes térmica e hídrica.

Até outubro deste ano, já foram liberados 3.763,61 MW em 18 estados brasileiros. Ou seja, mais da metade das unidades federativas no país ganhou pelo menos uma usina em 2020.

Ainda de acordo com a ANEEL, no mês passado Paraná, Rio de Janeiro e Tocantins tiveram a primeira entrada em operação comercial este ano.

Dentre os estados, o destaque ficou para o Rio Grande do Norte, que obteve 101,08 MW de potência acrescida em outubro. Trata-se de 32% do total da capacidade de geração agregada ao Brasil no mês.

A agência apontou também que o Piauí teve um salto de capacidade instalada no mês, somando mais 91,68 MW. Apenas a usina São Gonçalo 5, com 18 unidades geradoras entregues, aumentou a potência no estado em 50 MW.

Capacidade instalada

Segundo a ANEEL, o Brasil alcançou, em outubro, a capacidade instalada de 173.501,9 MW de potência fiscalizada. Desse total, 74,76% das usinas são impulsionadas por fontes consideradas sustentáveis.

Mateus Badra

Mateus Badra

Atuou como produtor, repórter e apresentador na Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020, atuando nas editorias de Mercado e Tendências, Mobilidade Urbana, P&D e Equipamentos. Jornalista graduado pela PUC-Campinas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.