25 de fevereiro de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,8GW

Fábrica de fertilizantes verdes inicia seleção de fornecedores para projeto de engenharia

Primeira planta do hemisfério sul para fabricação do insumo será instalada no município de Uberaba (MG) por uma empresa suíça

Autor: 14 de dezembro de 2023Brasil
3 minutos de leitura
Fábrica de fertilizantes verdes inicia seleção de fornecedores para projeto de engenharia

Representantes das empresas que participam da seleção para o projeto da Atlas Agro em Uberaba. Foto: Divulgação

O projeto de construção daquela que promete ser a primeira fábrica de fertilizantes nitrogenados verdes do hemisfério sul avançou nos últimos dias para a fase de engenharia.

A planta será instalada no município de Uberaba (MG) pela Atlas Agro, uma empresa suíça com foco na produção do insumo. 

Nos últimos dias, a companhia iniciou o processo de seleção dos fornecedores da nova fábrica para as etapas de estudo básico e desenho do projeto de engenharia, além de definir os parâmetros para um contrato de construção.

As empresas foram convidadas para conhecer o terreno onde será construída a fábrica, que abrange mais de 1 milhão de metros quadrados.

A visita técnica aconteceu no dia 5 de dezembro, com a presença de cerca de 25 profissionais, de 11 empresas participantes do processo, de origem brasileira, europeia e asiática.

Segundo o diretor de projetos da Atlas Agro, Michael Kozlov, trata-se de um processo competitivo entre as maiores e melhores empresas do mercado no Brasil e do exterior.

“Demos a todos a oportunidade de conhecer o terreno e os requisitos básicos do projeto, antes da proposta final de cada empresa”, explicou ele. 

A visita contou também com a presença da prefeita de Uberaba (MG), Elisa Araújo (Solidariedade). O projeto reúne grandes empresas do Brasil e do exterior e, desta forma, desejamos todo o sucesso do empreendimento, que também será o sucesso do nosso município e região”, disse ela. 

Detalhes do projeto

O investimento na nova fábrica será de quase R$ 5 bilhões, com a conclusão da sobras prevista para meados de 2027.

Durante a fase de construção do empreendimento serão criados mais de 2 mil empregos. Outras 500 contratações também estão previstas na fase de operação.

A planta utilizará uma matriz a partir de fontes renováveis, como a solar e eólica, para produção de hidrogênio verdeamônia verde e fertilizantes nitrogenados com zero carbono.

projeto da Atlas Agro integra o plano estratégico da companhia de descarbonização da indústria de fertilizantes no Brasil.

Ao todo, o espaço terá uma capacidade de produção para 500 mil toneladas de fertilizantes por ano para atender os clientes da região.

“O processo de seleção dos fornecedores será concluído nos próximos meses, dando início imediato aos estudos, seguidos pelo projeto de engenharia”, pontuou Rodrigo Santana, diretor de operações da companhia suíça. 


Todo o conteúdo do Canal Solar é resguardado pela lei de direitos autorais, e fica expressamente proibida a reprodução parcial ou total deste site em qualquer meio. Caso tenha interesse em colaborar ou reutilizar parte do nosso material, solicitamos que entre em contato através do e-mail: [email protected].

Henrique Hein

Henrique Hein

Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como repórter do Jornal Correio Popular e da Rádio Trianon. Acompanha o setor elétrico brasileiro pelo Canal Solar desde fevereiro de 2021, possuindo experiência na mediação de lives e na produção de reportagens e conteúdos audiovisuais.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.