6 de dezembro de 2023
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 11,1GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 24,7GW

Google fecha PPA e se aproxima de operar 100% com energia renovável até 2030

Negociação foi realizada com a Kronos Solar EDPR, desenvolvedora de centrais fotovoltaicas controlada pela EDP Renováveis

Autor: 19 de junho de 2023Parcerias
3 minutos de leitura
Google fecha PPA e se aproxima de operar 100% com energia renovável até 2030

Este PPA segue outro acordo com o Google anunciado em abril para desenvolver 650 MWp de energia solar distribuída nos Estados Unidos. Foto: Getty Images

A Kronos Solar EDPR, desenvolvedora de usinas solares controlada pela EDP Renováveis, fechou um contrato de longo prazo de venda de energia solar com o Google. O acordo marca a entrada da Kronos no mercado holandês e aproxima o Google da meta de operar 100% com energia renovável até 2030.

A energia comercializada é proveniente de quatro centrais fotovoltaicas que estão sendo desenvolvidas na Holanda. Os projetos somam 50 MWp e estão localizados nas províncias de Smallingerland, Friesland, e Gelderland. Ainda de acordo com a companhia, as usinas terão mais de 85 mil painéis solares bifaciais.

Martijn Bertisen, vice-presidente do Google Holanda, afirma que o “Google sempre esteve na vanguarda do trabalho em direção a um futuro livre de carbono, como parte de nossa terceira década de ação climática. A transformação digital e a transformação verde andam de mãos dadas”.

“A nossa ambição é funcionar completamente com energia livre de carbono até 2030. Vai exigir uma cooperação intensiva com os principais players de energia, como a EDP Renováveis, que estão comprometidos em conjunto com os objetivos de energia sustentável de longo prazo”, disse.

“Com um forte foco na Holanda, França, Reino Unido e Alemanha, que atualmente fazem uma transição cada vez mais rápida para os mercados de PPA, queremos claramente demonstrar nossa capacidade de fazer parceria com empresas líderes globais para nossa energia verde. A venda de 70% da Kronos Solar à EDPR em 2022 colocou-nos em posição de ganhar força na venda direta de energia verde no mercado livre, que será o maior segmento de mercado no futuro”, afirma o Dr. Alexander Arcache, CEO da Kronos Solar EDPR.

Este PPA segue outro acordo com o Google anunciado em abril para desenvolver 650 MWp de energia solar distribuída nos Estados Unidos.

A Kronos Solar tem uma experiência de longo prazo baseada em 80 projetos comissionados em nove países e um portfólio de mais de 9 GW de projetos solares em diferentes estágios de desenvolvimento. A Alemanha, que é o mercado doméstico da Kronos, representa cerca de 50% do portfólio solar adquirido.

Por meio da aquisição de 70% da Kronos, a EDPR entrou em novos mercados como a Holanda e a Alemanha e agora está presente em 13 países na Europa, que juntos representam mais de 90% das adições esperadas de capacidade solar na União Europeia até 2030.

“A Kronos Solar está confiante, especialmente com a venda de participação no último ano à EDPR , que estará na vanguarda da realização de grandes parques fora dos esquemas de subsídios nacionais na Alemanha e que tem uma posição de liderança na busca dos parceiros certos para seus projetos”, diz a empresa em comunicado a imprensa.

A EDP Renováveis espera implantar 17 GW de energia verde até 2026. “A assinatura deste PPA reforça tanto a nossa estratégia como a capacidade de entrega da Kronos Solar EDPR. Com objetivos ambiciosos em novos mercados como a Holanda, a Kronos representará uma parte relevante do Plano de Negócios atualizado da EDPR”.

“Adicionalmente, a entrada nestes mercados permite-nos ser altamente complementares com a configuração geográfica atual da EDPR para que possamos alargar o acesso aos principais mercados da União Europeia que lideram a transição energética”, destaca Duarte Bello, COO da EDP Renováveis para a Europa e LATAM.

Wagner Freire

Wagner Freire

Wagner Freire é jornalista graduado pela FMU. Atuou como repórter no Jornal da Energia, Canal Energia e Agência Estado. Cobre o setor elétrico desde 2011. Possui experiência na cobertura de eventos, como leilões de energia, convenções, palestras, feiras, congressos e seminários.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.