24 de maio de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 4.98GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 10,7W

Governo de SP adere às campanhas da ONU para zerar emissão de poluentes até 2050

Estado paulista é o primeiro a firmar compromisso com a Race to Zero e Race to Resilience

Autor: 22 de julho de 2021Brasil
Governo de SP adere às campanhas da ONU para zerar emissão de poluentes até 2050

Na terça-feira (20), o governador do Estado de São Paulo, João Dória (PSDB) participou por meio de videoconferência, da cerimônia de adesão à campanha da ONU (Organização das Nações Unidas) para reduzir emissões de poluentes e conter efeitos das mudanças climáticas. 

As campanhas Race to Zero e Race to Resilience buscam o engajamento de governos, empresas, investidores, acadêmicos e lideranças da sociedade civil para zerar as emissões líquidas de gases de efeito estufa até 2050.

Por meio do decreto assinado, São Paulo passa a ter adesão definitiva à campanha mundial Race to Zero e estabelece que o Estado tem um plano de ação climática até 2050 para ser seguido. 

“Neste plano nós estabelecemos metas intermediárias para o período de 2030 a 2040, avançando de forma escalonada e previsível com as medidas de redução de emissão de carbono no Estado de São Paulo”, afirmou Dória.

“Conforme dados da ONU, o estado de São Paulo se junta a mais de 700 cidades, 30 regiões e 120 países que aderiram à campanha Race to Zero. Já são mais de 3 mil empresas, 620 universidades e 170 investidores comprometidos com a meta em diversos locais do mundo. Esta é uma ação importantíssima para preservarmos o planeta para as futuras gerações”, comentou Marcos Penido, secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente.

Além disso, o estado paulista vai fixar novas metas e soluções para energias renováveis, restauração florestal, agricultura de baixo carbono, bioeconomia, proteção da biodiversidade, controle e prevenção da poluição, qualidade do ar, transportes sustentáveis, segurança hídrica, saneamento ambiental, municípios resilientes e cidades sustentáveis.

Mariana Zilli

Mariana Zilli

Atuou no Projor (Instituto para o Desenvolvimento do Jornalismo) na mediação e no mapeamento de veículos de imprensa em funcionamento. Possui experiência como assessora de imprensa e produtora de conteúdo para redes sociais.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.