27 de maio de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 5.02GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 10,7W

INEL cria diretoria para ampliar esforços em prol da aprovação do PL 5829

Carlos Toledo e Tarcísio Dário assumem no Centro-Oeste com a meta de atrair novos parceiros e defender o PL

Autor: 23 de julho de 2021Brasil
INEL cria diretoria para ampliar esforços em prol da aprovação do PL 5829

Intensificar a atuação institucional na região e ampliar as ações e esforços para a votação e aprovação do PL 5829, que visa a criação do marco legal da GD (geração distribuída) e poderá democratizar a solar fotovoltaica no país.

Estes são os objetivos do INEL (Instituto Nacional de Energia Limpa), que instituiu, no dia 14 de julho, a diretoria do Centro-Oeste, comandada por Carlos Toledo, empresário do setor solar, e Tarcísio Dário, diretor-executivo da Horus Telecom, que assume o cargo de diretor-adjunto. 

Segundo o instituto, os executivos assumem o desafio de comandar o projeto em meio a um momento decisivo para o setor elétrico brasileiro, diante da maior crise hídrica dos últimos noventa anos.

Leia mais: Crise hídrica pode ser um catalisador para aprovação do PL 5829

Para Toledo, essa recessão hídrica impacta negativamente o sistema elétrico, com risco de racionamento e apagões, além do aumento nas tarifas de luz que pesam sobre o consumidor.

“Neste contexto, desenvolver o mercado de energia limpa é fundamental, pois ele representa uma saída sustentável, renovável e mais barata para a crise e, principalmente, para o equilíbrio do sistema energético nacional com a diversificação de sua matriz”, explicou.

De acordo com Dário, o país necessita modernizar o segmento de energia no Brasil para assegurar competitividade ao setor produtivo, gerar mais empregos, renda e desenvolvimento. Afirmou ainda ser necessária uma regulamentação para corrigir distorções e eliminar reserva de mercado e monopólio.

Heber Galarce, presidente do INEL, destacou a importância do trabalho dos dois novos diretores, especialmente, nos âmbitos institucional e legislativo, com a atual obstrução na Câmara dos Deputados da votação do PL 5829.

“A diretoria do Centro-Oeste será mais um importante braço para unir esforços em prol do mercado fotovoltaico, com objetivo de viabilizar e dar celeridade à votação do projeto de lei que tem grande importância não apenas para o setor de energia limpa e para o sistema elétrico nacional, mas para toda a economia brasileira”, ressaltou.

Mateus Badra

Mateus Badra

Atuou como produtor, repórter e apresentador na Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro há mais de dois anos, atuando nas editorias de Mercado e Tendências, Mobilidade Urbana, P&D e Equipamentos. Jornalista graduado pela PUC-Campinas.

Um comentário

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.