27 de janeiro de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 4.63GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 8,83GW

JA Solar fornece painéis solares para Jogos Olímpicos de Inverno

Usina FV de 200 MW fornece eletricidade renovável para o evento esportivo realizado em Pequim, na China

Autor: 14 de janeiro de 2022Mundo
JA Solar fornece painéis solares para Jogos Olímpicos de Inverno

Todos os locais do evento serão 100% cobertos por energia verde. Foto: reprodução

A JA Solar anunciou que está contribuindo com a matriz energética renovável dos próximos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, na China.

Localizada em Zhangjiakou, província de Hebei, a usina de Guyuan, que possui 200 MW de potência, fornece eletricidade renovável para o evento esportivo com todos os módulos monocristalinos de alta eficiência da JA.

De acordo com a empresa, a planta gera em média 430 milhões de kWh de energia por ano, o equivalente a reduzir o consumo de carvão em 129 mil toneladas e as emissões de dióxido de carbono em 300 mil toneladas.

“Por meio de uma combinação de criação de animais e geração fotovoltaica, o projeto, bem-adaptado ao clima temperado das pastagens em Guyuan, fornece alimentação adequada para o gado ao mesmo tempo em que gera eletricidade abundante, usando efetivamente os recursos da terra para obter benefícios para ambos os lados: economia e meio ambiente”, destacou a fabricante em nota.

Em Zhangjiakou, uma cidade co-sede dos jogos, foi realizada recentemente a 3ª competição Solar Decathlon China (SDC). Patrocinadas pela JA e projetadas pelas equipes SolarArk 3.0 e XJTU+, as eco casas com sistemas solares foram instaladas com módulos de alta eficiência JA Solar DeepBlue 3.0.

Usina de Guyuan, que possui 200 MW, fornece eletricidade renovável para os jogos. Foto: JA Solar/Divulgação

Usina de Guyuan, que possui 200 MW, fornece eletricidade renovável para os jogos. Foto: JA Solar/Divulgação

Evento em Pequim aposta em renováveis

Os Jogos Olímpicos de Inverno devem ficar registrados na história no contexto da neutralidade global de carbono, pois, pela primeira vez em seus 100 anos de história, todos os locais serão 100% cobertos por energia verde. “A JA Solar espera trabalhar com clientes antigos e novos para difundir o conceito de desenvolvimento global de baixo carbono e verde, promovendo a construção de uma sociedade carbono zero”, concluiu a empresa.

Leia mais: JA Solar deve ultrapassar 26 GW em vendas de módulos FV em 2021

Mateus Badra

Mateus Badra

Atuou como produtor, repórter e apresentador na Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro há mais de um ano, atuando nas editorias de Mercado e Tendências, Mobilidade Urbana, P&D e Equipamentos. Jornalista graduado pela PUC-Campinas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.