2 de agosto de 2021

Carrinho

Johnson & Johnson assina acordo para operar com 100% de energia renovável

Multinacional firma parceria com Enel para construção de usinas híbridas, que combinarão solar e eólica

Autor: 19 de julho de 2021Mundo
Johnson & Johnson assina acordo para operar com 100% de energia renovável

A Enel Green Power Espanha assinou um acordo de compra de energia renovável com a  multinacional de saúde e bem-estar Johnson & Johnson para fornecer 270 GWh/ano.

O contrato, com duração de 10 anos, começa a partir de janeiro de 2023 e levará a empresa a operar com o equivalente a 100% de eletricidade limpa na Europa até 2023. 

Segundo a companhia, esse é um passo importante em direção à meta climática de ter toda a operação global oriunda de fontes sustentáveis até 2025. 

O fornecimento de energia previsto será gerado em três usinas renováveis, atualmente em construção, criando uma matriz híbrida que combinará solar e eólica. 

A Johnson & Johnson afirmou que 85% da eletricidade virá dos parques eólicos Campillo II e III, que fazem parte de um cluster localizado na província espanhola de Cuenca e que começaram a ser construídos no último trimestre de 2021. 

Os 15% restantes serão fornecidos pela planta de 47 MW, PV Veracruz, que está localizada em Badajoz. Com isso, a empresa evitará a emissão anual de cerca de 130.720 toneladas de CO2 na atmosfera.   

“Estamos muito orgulhosos de assinar este contrato com a Johnson & Johnson e de nos tornarmos seus ‘facilitadores verdes’”, disse Salvatore Bernabei, CEO da Enel Green Power e Head da Global Power Generation business line da Enel. 

“Este acordo inovador, com uma combinação híbrida de fontes renováveis eólica e solar, mostra as possibilidades que os PPAs virtuais pan-europeus podem oferecer às empresas, potenciando o seu percurso de sustentabilidade no combate às alterações climáticas em todo o continente”, ressaltou.     

Curso usinas solares
Mateus Badra

Mateus Badra

Trabalhou como produtor, repórter e apresentador na Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro há mais de um ano, atuando nas editorias de Mercado e Tendências, Mobilidade Urbana, P&D e Equipamentos. Jornalista graduado pela PUC-Campinas.

Comentar