27 de maio de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 5.02GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 10,7W

LCOE solar global deve cair de 40 a 55% até 2030, afirma estudo da bp

Relatório também aponta queda do LCOE da energia eólica entre 20% a 25% no mesmo período

Autor: 18 de março de 2022Mundo
LCOE solar global deve cair de 40 a 55% até 2030, afirma estudo da bp

Essa rápida expansão projetada da energia solar se dará por quedas contínuas nos custos. Foto: Pixabay

O LCOE (custo nivelado da eletricidade) da energia solar, incluindo custos de integração, deve cair cerca de 40% a 55% até 2030 no mundo todo, segundo o Energy Outlook 2022 da empresa de energia British Petrol.

O estudo também aponta que o LCOE da energia eólica terá queda entre 20% a 25% no mesmo período.

Já em curto prazo, o relatório estima retração do LCOE solar de 20% a 30% até 2023 (vide gráfico abaixo). Enquanto que para a energia eólica o custo cairá cerca de 5%.

A pesquisa indica que a capacidade instalada combinada de energia eólica e solar até 2050 aumentará mais de 15 vezes em relação aos níveis de 2019 em Accelerated e Net Zero e nove vezes em New Momentum.

Segundo o relatório, essa rápida expansão projetada da energia solar se dará por quedas contínuas nos custos e estará apoiada pelo aumento da eficiência de módulos fotovoltaicos e escalas de projetos maiores.

LCOE solar e eólica

Custo nivelado da eletricidade da energia eólica e solar, incluindo custos de integração. Fonte: bp

Ainda de acordo com o estudo, o ritmo das reduções de custos diminuirá e eventualmente se estabilizará nas duas últimas décadas da perspectiva, à medida que a queda dos custos de geração é compensada pela crescente despesa de balanceamento de sistemas de energia com partes crescentes de fontes de energia variáveis.

O relatório apresenta ainda  que essa rápida aceleração na instalação de capacidade eólica e solar depende de uma série de fatores, como a capacidade de transmissão e distribuição, disponibilidade de matérias primas e planejamento.

Além disso, o ritmo de aumento da capacidade eólica e solar deve diminuir nos últimos 10 anos das perspectivas, à medida que o setor de energia se aproxima da descarbonização total e o custo de incluir parcelas crescentes de energia eólica e solar cresce.

A pesquisa ainda mostra que as economias emergentes vão responder por mais de três quartos do aumento da implantação da capacidade eólica e solar em Accelerated e Net Zero até 2050, com a China contribuindo com cerca de um quarto da alta.

O Energy Outlook 2022 está focado em três cenários principais: Accelerated, Net Zero and New Momentum. Os cenários exploram as possíveis implicações de diferentes julgamentos e pressupostos relativos à natureza da transição energética. Ademais, são baseados em tecnologias existentes e em desenvolvimento.

Ericka Araújo

Ericka Araújo

Desde 2020, acompanha o mercado fotovoltaico. Possui experiência em produção de podcast, programas de entrevistas e elaboração de matérias jornalísticas. Em 2019, recebeu o Prêmio Jornalista Tropical 2019 pela SBMT (Sociedade Brasileira de Medicina Tropical) e o Prêmio FEAC de Jornalismo. Já atuou como repórter e apresentadora da Rádio Brasil Campinas. Formada pela PUC Campinas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.