24 de maio de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 4.98GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 10,7W

Maior usina FV em potência instalada em telhado de SP começa a operar no estado

Parque solar da empresa Udiaço é o mais potente da região paulista e pode fornecer mais de 75 MWh por mês

Autor: 29 de outubro de 2021novembro 22nd, 2021Notícias
Maior usina FV em potência instalada em telhado de SP começa a operar no estado

São mais de 4,3 mil metros quadrados de área com potência instalada de 725 kWp

A Sunning Energia Solar, integradora de sistemas fotovoltaicos, instalou o parque solar em telhado de maior potência do estado de São Paulo. São mais de 4,3 mil metros quadrados de área com potência instalada de 725 kWp.

O projeto foi realizado na sede da empresa Udiaço, especialista no mercado de distribuição e serviços para o segmento da construção civil, em Carapicuíba, na Grande São Paulo. 

“Nosso consumo médio de energia é de 85.887 kWh/mês. Com o telhado fotovoltaico, buscamos suprir quase 90% de nosso consumo”, disse Hugo Trevizan, diretor de planejamento da Udiaço. “A partir das esperadas variações mensais de geração, esse índice oscila, mas com a implantação do sistema, as expectativas iniciais estão sendo superadas”, completou. 

O sistema foi implementado durante a pandemia e levou cerca de oito meses para ser concluído, entre projeto, instalação e homologação junto à concessionária. 

Trevizan explicou que um dos objetivos da Udiaço com a instalação foi a expectativa de redução de custos. “Quando o estudo nos foi apresentado, a estimativa de economia para o primeiro ano era de aproximadamente R$ 350 mil. Mas, com os recentes aumentos de tarifas, bandeiras amarelas, vermelhas e outras, esse ganho será ainda maior”, comemorou. 

Mas a economia não foi a única preocupação da empresa, que também se preocupa com o aspecto sustentável da iniciativa. “Todo consumo de energia elétrica gera um passivo de CO2. Por mais que a matriz energética brasileira seja hídrica, o processo para que a energia chegue até a nossa tomada gera esse passivo”, lembrou Trevizan. 

“Antes precisávamos de 3.510 árvores para absorver o CO2 que produzíamos indiretamente, devido ao consumo de energia. Agora precisamos de apenas 434. E o planeta agradece”, celebrou.

Aline Guevara

Aline Guevara

Atuou como repórter para a VEJA Campinas, a editora Top.co e a revista Viva Saúde. Possui experiência como apresentadora, produção de vídeo, entrevistas e elaboração de matérias jornalísticas. Acompanha o mercado fotovoltaico desde 2021. Jornalista graduada pela PUC-Campinas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.