25 de fevereiro de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,8GW

Marina Silva defende teto para exploração de petróleo no Brasil

Ministra alega que medida é fundamental para o país atingir as metas globais de descarbonização

Autor: 26 de dezembro de 2023Transição energética
2 minutos de leitura
Marina Silva defende teto para exploração de petróleo no Brasil

Marina Silva, ministra do Meio Ambiente. Foto: Elza Fluza/Agência Brasil/Reprodução

A ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, defendeu que o Brasil imponha um teto para a produção e a exploração de petróleo.

Em entrevista ao jornal britânico Financial Times, publicada nesta terça-feira (26), a ministra afirmou que o país não será incapaz de alcançar objetivos – como o de triplicar o uso de energias renováveis sem impor um limite à exploração da commodity. 

A proposta citada por Marina poderia contrapor aos planos do Governo Federal, que pretende transformar o país em um dos maiores produtores de petróleo até 2029. 

A ideia do MME (Ministério de Minas e Energia) é aumentar a produção nacional de 3 milhões de barris por dia para 5,4 milhões até o final da década.

“Um problema que terá que ser enfrentado é a questão dos limites, um teto para a exploração de petróleo. É um debate que não é fácil, mas que os países produtores de petróleo terão que enfrentar” disse Marina, ao Financial Times. 

Segundo o periódico britânico, a insistência brasileira nos combustíveis fósseis gerou “ceticismo” internacionalmente, diante do apelo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para que os países considerados de primeiro mundo banquem a maior parte do combate às mudanças climáticas.

De acordo com a ONU (Organização das Nações Unidas) sem a realização de cortes na produção de combustíveis fósseis, todas as metas relacionadas ao objetivo de impedir que a temperatura do planeta supere a marca de 1,5ºC acima dos níveis pré-industriais não serão atingidas. 

Henrique Hein

Henrique Hein

Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como repórter do Jornal Correio Popular e da Rádio Trianon. Acompanha o setor elétrico brasileiro pelo Canal Solar desde fevereiro de 2021, possuindo experiência na mediação de lives e na produção de reportagens e conteúdos audiovisuais.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.