Mercado livre de energia cresce 18% em maio de 2021

O levantamento foi realizado pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica
Mercado livre de energia cresce 18% em maio de 2021

De acordo com levantamento realizado pela CCEE (Câmara de Comercialização de Energia Elétrica), o mercado livre de energia encerrou o mês de maio de 2021 com 9.232 consumidores, um aumento de 18% em relação ao mesmo período de 2020. 

“Essa tendência de migração ocorre justamente por uma estratégia de redução do custo da energia. Então, a gente vem agora com o mercado regulado, com bandeiras tarifárias e o consumidor livre deixa de pagar alguns subsídios”, explica Pedro Dante, advogado especialista em assuntos regulatórios do setor elétrico.

“Em 2015, houve um grande aumento do custo de energia, e agora em 2021, a expectativa é que impulsione os consumidores a optar pela comprar dessa eletricidade de um terceiro, de um comercializador, um gerador, e só pagar a remuneração fixa para a distribuidora”, completa Dante.  

A CCEE também disponibilizou uma análise comparativa dos meses anteriores de 2021. Em janeiro, o número de adesões de agentes consumidores foi de 172, em fevereiro 140, em março 139, em abril 146 e em maio foram 132 novos agentes.

Leia mais: Consumidores do Mercado Livre economizaram R$ 225 bi até 2020

O segmento de energia registra uma média de 146 novos consumidores mensais, a segunda maior média mensal de adesões da sua história, atrás dos 192 mensais registrados em 2016. 

O volume total de unidades consumidoras também teve um aumento significativo desde o mês de janeiro, cerca de 32% na comparação anual, totalizando 23.899 cargas no mês de maio. O levantamento da Câmara considerou tanto os consumidores livres quanto os especiais. 

Crescimento do volume total de unidades consumidoras em 2021

 

Imagem de Redação do Canal Solar
Redação do Canal Solar
Texto produzido pelos jornalistas do Canal Solar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal