27 de janeiro de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 4.63GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 8,82GW

MME disponibiliza Sistema de Declaração Digital para Leilão A-1

A declaração deverá ser enviada para a plataforma até o dia 4 de setembro

Autor: 28 de agosto de 2020outubro 1st, 2020Setor Elétrico
MME disponibiliza Sistema de Declaração Digital para Leilão A-1

O MME (Ministério de Minas e Energia) disponibilizou em seu site o Sistema DDIG, que contém o modelo de Declaração de Necessidades de Compra de Energia Elétrica e o Termo de Compromisso do Agente de Distribuição para o Leilão A-1. A declaração deverá ser enviada para a plataforma até o dia 4 de setembro.

O leilão, a ser realizado em 4 de dezembro desse ano, prevê a contratação de energia elétrica proveniente de empreendimentos existentes, com início de suprimento em 1º de janeiro de 2021.

Em nota, o MME ressalta que os documentos para posterior celebração dos CCEARs (Contratos de Comercialização de Energia Elétrica no Ambiente Regulado) só serão aceitos por meio do DDIG, que está apto a funcionar apenas nos navegadores Internet Explorer 8 ou superior, Mozilla Firefox 51 ou inferior (32 bits) e Mozilla Firefox 52 ESR (32 bits).

Se houver alteração em uma dessas informações, será necessária a atualização do token – dispositivo eletrônico gerador de senhas – do usuário habilitado, o que poderá ser realizado em uma unidade certificadora.

Caso a empresa não dispuser de um token válido ou se os dados não estiverem atualizados no Sistema DDIG, não será possível acessá-lo.

Mateus Badra

Mateus Badra

Atuou como produtor, repórter e apresentador na Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro há mais de um ano, atuando nas editorias de Mercado e Tendências, Mobilidade Urbana, P&D e Equipamentos. Jornalista graduado pela PUC-Campinas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.