Por que os preços dos insumos fotovoltaicos estão caindo tanto?

Canal Solar analisou o comportamento dos preços durante os primeiros cinco meses do ano
Por que o preço dos insumos fotovoltaicos estão caindo tanto no mercado internacional?
Módulos HJT sofreram uma redução da ordem de 12,5% até abril deste ano Foto: Freepik/Reprodução

Reportagem publicada na 23ª edição da Revista Canal Solar. Clique aqui e baixe agora gratuitamente!

O preço dos insumos e componentes no mercado internacional está em queda neste ano, seguindo uma tendência que vem desde o segundo semestre do ano passado. O Canal Solar fez uma análise dos dados dos primeiros cinco meses deste ano dos boletins de preços da InfoLink Consulting divulgados semanalmente.

Contando com insights de Wladimir Janousek, diretor executivo na JCS Consultoria e Serviços, a reportagem também traz o impacto disso para o mercado brasileiro, e o que podemos esperar para os próximos meses.

revista23

Quer saber tudo sobre o porquê dessa queda de preços? Confira a reportagem completa de forma gratuita na 23ª edição da Revista Canal Solar neste link.

Todo o conteúdo do Canal Solar é resguardado pela lei de direitos autorais, e fica expressamente proibida a reprodução parcial ou total deste site em qualquer meio. Caso tenha interesse em colaborar ou reutilizar parte do nosso material, solicitamos que entre em contato através do e-mail: [email protected].

Imagem de Frederico Tapia
Frederico Tapia
Estudante de jornalismo pela UNESP do campus de Bauru. Possui experiência em produção de matérias jornalísticas.

26 respostas

  1. Eu ainda acho um preço abusivo o dos componentes para energia solar. Um preço absolutamente proibitivo para a maioria das população brasileira, chego a arriscar que 80% ou mais dos brasileiros não podem arcar com os preços de uma instalação fotovoltaica. Parcelamentos em 24 48 50 60 e até 80 meses só reflete o absurdo preço do sistema. Além do que, não é vantajoso para o governo, nem para as concessionárias o incentivo a energia solar, pois, isso causa a queda da arrecadação de impostos, e queda nos lucros das empresas. Eu não acredito que isso vá mudar tão cedo.

    1. Bom dia, absurdo vc não viu nada, absurdo é o que essa empresa de energia, VULGO LADRONA ENERGISA, faz aqui dentro do estado de RONDÔNIA, 3 usinas no estado, e a energia mas cara do BRASIL, ESSE PAÍS FALIDO, SEM LEIS, E ADMINISTRADOS POR CORRUPTOS , TA IGUAL A VENEZUELA.

  2. Ésse verdadeiro assalto é uma constante na vida dos brasileiros. Constrói-se rodovias, hidrelétricas, redes de água e esgoto com dinheiro público e, sob a justificativa de melhorar os serviços, dá-se tudo de “mão beijada” para grupos ligados a políticos , para que passem a usufruir dos bens públicos como se seus fossem.

  3. Infelizmente em menos 12 meses os custos dos fotovoltaicos caíram 40 a 50%.
    E quem financiou hoje assisti esta vergonha que está política desses canalhas políticos fazem com nosso país

  4. Falou tudo, Sérgio… Brasil só dá bandido na política. Tudo querendo ganhar dinheiro fácil com acordos com empresas de fachada…

  5. Perfeito comentário do Sérgio!!!! Estou planejando colocar energia e não quero ligada a rede Akgumas poucas baterias dão conta do trabalho.

    1. A não ser que vc realmente precise energia vinda das baterias, vai apenas trocar a conta de energia por prestação das baterias.
      Porque usar pagar caro por baterias se pode usar a rede como bateria praticamente sem custo? As taxas que incidem sobre os créditos de energia gerada são insignificantes comparados ao valor de aquisição e manutenção de um sistema com baterias(offgrid).
      Repito, a não ser que falteuita energia na sua região e vc precise dessa garantia, não é viável o uso de baterias, pra esse caso um gerador diesel é muito mais eficaz e barato de manter.

  6. Na minha humilde opinião os preços estão caindo por quê há um ponto de saturação na demanda e oferta, onde, se continuar com preços proibitivos o investimento carreado para a fabricação perde valor e com isso forçando a queda de preço para que a demanda aumente viabilizando os custos de fabricação… É o que chamo de efeito Microsoft, por mais que um Apple seja top, suas vendas não pagam os custos de fabricação. Isso pra mim é mercado, isto é, que se sustenta e gera lucro.

  7. A ENERGIA TEM QUE SER DESLIGADA DA REDE.PRIMEIRO PORQUE NA PRODUÇÃO DE LEITE SE A ENERGIA DA LINHA TIVER UM PROBLEMA VOCÊ FICA SEM ENERGIA. SEGUNDI NÃO É ATOA QUE AS EMPRESAS ESTÃO EXIGINDO A LIGAÇÃO PRA CABIDE DE EMPREGO.

  8. Não basta cair o valor para a energia solar é preciso que todo brasileiro saia do ligado na rede para o independente(offgrid) para que tenha autonomia, o mesmo deve ser pensado em termos de água e saneamento. Porque empresas são erguidas com dinheiro público e depois de estabelecidas são traficadas por políticos inescrupulosos que levam o seu pelos bastidores e a população fica na mão de capitalistas em serviços essenciais a vida sem qualquer escrúpulo.

    1. Bem mencionado Sérgio, já viajei em paises onde a mentalidade é a autonomia e a não dependência de servicos básicos essenciais, lá ninguem quer eletricidade das ccs, a maioria opta por paineis solares, eólicos e até geradores a combustível fóssil mas não quer saber de ccs, agora que estou na inatividade moro numa cidade, onde a visão dos políticos e manda chuvas locais é o não fornecimento de esgotos ma cidade, aqui impera fossa, filtro, sumidouro, para que os parentes donos de empresas limpa fossa tenham sua renda garantida, esse é o nosso Brasil, cada cantinho… Um feudo.

    2. Sensato e verdadeiro o que foi colocado.Um grupo capitalista dominando e manipulando o setor de energia nesse país!!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal