28 de janeiro de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 4.63GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 8,83GW

Renner utiliza energia solar para abastecimento de lojas

O projeto está alinhado aos compromissos públicos de sustentabilidade assumidos pela Lojas Renner para 2021

Autor: 13 de setembro de 2019outubro 2nd, 2020Brasil
Renner utiliza energia solar para abastecimento de lojas

A Renner, uma das maiores varejistas de moda do Brasil, através de um comunicado de imprensa divulgou que 4 das suas lojas no Rio de Janeiro já estão com o consumo energético totalmente compensado por fazendas solares fotovoltaicas.

A fazenda solar localizada no município de Vassouras, a 120 quilômetros da capital fluminense, foi construída e é operada por um empreendedor parceiro. O espaço possui 4 mil painéis fotovoltaicos, que produzem em média 1,8 mil MWh/ano de energia, com 1,32 MW de potência.

 Renner utiliza energia solar para abastecimento de lojas

                                                    Figura 1. Vista aérea da planta de Vassouras, com 1,3 MW de potência instalada.

O projeto está alinhado aos compromissos públicos de sustentabilidade assumidos pela Lojas Renner para 2021. As metas, anunciadas no ano passado, incluem o suprimento de 75% do consumo corporativo de energia a partir de fontes renováveis de baixa emissão (podendo ser solar, eólica, pequenas centrais hidrelétricas, biomassa, etc) e a redução de 20% das emissões de dióxido de carbono (CO2)em relação ao inventário de 2017.

“Com esta iniciativa, pretendemos aprofundar o conhecimento sobre o modelo e replicar a boa prática para outras lojas e também para os fornecedores de nossa cadeia produtiva, com o objetivo de incentivar e fomentar as premissas da sustentabilidade”, explica a diretora de Operações da Lojas Renner, Fabiana Taccola.

Canal Solar

Canal Solar

Equipe de Engenharia do Canal Solar

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.