4 de março de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,9GW

Santarém (PA) terá energia solar em sistemas de abastecimento de água na zona rural

Investimento vai sanar problemas de saneamento básico em comunidades, já que a maioria ainda não possui energia por 24 horas

Autor: 14 de julho de 2023julho 17th, 2023Projetos
2 minutos de leitura
Santarém (PA) terá energia solar em sistemas de abastecimento de água na zona rural

No primeiro momento, cinco comunidades ribeirinhas serão beneficiadas. Foto: Reprodução/Prefeitura Municipal de Santarém

A Prefeitura Municipal de Santarém (PA) receberá kits fotovoltaicos que serão implantados em sistemas de abastecimento de água na zona rural da região. O anúncio foi dado na última terça-feira (11), com a assinatura de OS (Ordem de Serviço).

Segundo a Pasta, o kit é composto por cinco painéis solares de 340 W, uma bomba bifásica de 1 CV e um inversor e conversor adaptado para grupo gerador. O investimento total é de R$ 420.990, recurso proveniente do Tesouro Municipal.

Nélio Aguiar, prefeito de Santarém, comentou que a iniciativa busca tornar uma cidade sustentável, adotando práticas saudáveis ao meio ambiente e melhorando a qualidade de vida da população.

O prefeito destacou ainda que o projeto visa atender os moradores de áreas de difícil acesso que ainda não possuem energia fixa, em razão da situação de isolamento geográfico em que se encontram.

Solenidade realizada na Semap (Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca). Foto: Reprodução/Prefeitura Municipal de Santarém.sma

“O projeto traz um ganho ambiental significativo, já que deve evitar a emissão de gases de efeito estufa”, afirmou Nélio. Além das vantagens ambientais, a alternativa viabilizará a redução de custos de energia elétrica em comunidades rurais.

“Por meio desta política pública iremos proporcionar melhor qualidade de vida, garantindo abastecimento regular de água potável para os moradores dessas áreas”, pontuou.

Sustentabilidade na prática

No primeiro momento, cinco comunidades ribeirinhas serão atendidas e beneficiadas. Ao longo do ano, o projeto prevê uma expansão para outras localidades.

“O investimento vai sanar problemas de saneamento básico em comunidades na zona rural, já que a maioria delas ainda não possui energia por 24 horas e utiliza principalmente grupos geradores para o funcionamento dos microssistemas”, finalizou Bruno Costa, secretário de Agricultura e Pesca.

Stella Miranda

Stella Miranda

Produtora do Canal Responde e do Solar em 60. Possui experiência em produção de podcast, elaboração de matérias jornalísticas, entrevistas e produção para rádio. Graduanda em Jornalismo na Pontifícia Universidade Católica de Campinas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.